13 de setembro de 2013

Base nacional do Tamar ganha sistema de energia solar

tam3O Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Tartarugas Marinhas (Tamar), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), acaba de inaugurar sistema de captação de energia solar na sua base nacional, na Praia do Forte, no litoral norte da Bahia.

Além de atender cerca de 20% de toda a demanda de eletricidade nas várias áreas da base (Centro de Visitantes, setor de pesquisa e escritórios), a energia solar ajuda no funcionamento do sistema de absorção da água do mar que abastece os tanques onde ficam as tartarugas.

Para a captação da luz do sol, foram instalados 84 painéis fotovoltaicos no Centro de Visitantes, sendo 72 na pérgola e mais doze no telhado. A inauguração do sistema, que ocorreu no dia 5 passado, integra o programa Telhado Solar, do Departamento de Energia Renováveis da Agência Alemã de Energia (Dena), e é uma  parceria com a empresa Donauer Solar do Brasil.

Modelo

A iniciativa do Governo da Alemanha pretende disseminar tecnologias de geração de eletricidade solar no mundo. Martin Mahn, do consulado alemão, afirma que o intercâmbio com o Brasil vai muito além da cultura. Segundo ele, o Tamar será modelo para aprimorar a tecnologia alemã, com possibilidades de instalar sistemas também em outras bases do projeto.
Guy Marcovaldi, fundador e coordenador nacional do Projeto Tamar, afirma que o programa proporciona o oposto daquilo que ele presenciou na vila de pescadores, quando o projeto foi instalado, há mais de 30 anos. De acordo com Marcovaldi, não havia energia suficiente e os pesquisadores contavam com velas e um gerador emprestado para realizar suas pesquisas e proteger as tartarugas.

Selo Solar

Marco Nowak, diretor da Donauer Solar do Brasil, anunciou que, com a instalação do programa, o Tamar ganha a certificação ambiental do Selo Solar, concedida pelo Instituto para o Desenvolvimento de Energias Alternativas na América Latina (Ideal).

O selo é voltado para instituições que geram sua própria eletricidade a partir da energia solar em projetos de conservação ambiental ou que tenham cunho social. Funciona como garantia de valorização e uso de energia limpa na sociedade.

Comunicação ICMBio - (61) 3341-9280 - com informações do Tamar

Seguidores