9 de abril de 2011

VI Seminário Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Socioambiental: Desafios Contemporâneos

Os mestrados da Universidade Católica do Salvador, em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Social, e em Planejamento Ambiental, promovem o VI Seminário Dinâmica Territorial e Desenvolvimento Socioambiental, dando continuidade ao espaço acadêmico criado em 2005 a partir da cooperação com o IPPUR para formação de doutores no âmbito do programa PROCAD. Constitui, assim, mais um passo de consolidação do espaço de debates acadêmicos integrando a questão ambiental nas discussões sobre território e desenvolvimento social, como indicado pelo IV Seminário PROCAD e efetivado no V Seminário. Consolidado academicamente abre novo espaço de diálogo, desta vez entre saberes acadêmicos e não acadêmicos, por meio de intercâmbio de experiências e realização de atividades práticas. As áreas de concentração dos dois mestrados promotores do evento, tendo centralidade no planejamento, justifica esse novo espaço em coerência com o projeto pedagógico institucional de comunicar-se com a comunidade não acadêmica ouvindo e dando respostas às demandas sociais.


MAIORES INFORMAÇÕES: http://www.ucsal.br/

IV SEMEIA

A SEMEIA é uma organização composta por alunos e profissionais sem intenção de fins lucrativos, de caráter voluntário, fundada em 30 de setembro de 2007 na Universidade Católica do Salvador (UCSal), Campus de Pituaçu, Av. Prof. Pinto de Aguiar, Pituaçu, Salvador/BA.

A missão fundamental é contribuir para o desenvolvimento de ações de caráter eco socioculturais, visando à discussão da melhoria da qualidade de vida da população humana e manutenção da diversidade biológica frente às pressões geradas e a exploração excessiva dos recursos naturais.

A SEMEIA tem como objetivos:

• Promover um evento de caráter técnico-científico abrangendo temáticas importantes e fomentando aos participantes noções para a conservação do Meio Ambiente;
• Realizar mudanças construtivas que possam refletir no decorrer da vida acadêmica dos graduandos e profissionais em Ciências Biológicas e áreas afins;
• Explorar e discutir temáticas ambientais englobando contextos nacionais e internacionais;
• Fomentar, estimular, apoiar e organizar eventos que visem à difusão de conhecimentos sobre o Meio Ambiente;
• Discutir problemáticas ambientais e apresentar o cenário do ensino superior aos estudantes da 5º série do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio das escolas da rede pública e privada, através da SEMEIA Jr.


- Seleção da Monitoria 2011

- Concurso de Fotografia Zoológica

- III SEMEIA Jr

UESC aprova projeto Reflora no CNPq


O Projeto “Reflora em Malpighiales no Leste Setentrional Brasileiro” da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) foi aprovado através do edital Reflora-56/2010 do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com o Ministério da Educação (MEC), a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e a as Fundações e Entidades de Amparo à Pesquisa (FAPs).

O projeto coordenado pelo Professor Dr. André M. Amorim terá a participação de professores e alunos do Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação da Biodiversidade, além de parceiros como o Instituto de Botânica de São Paulo, o Herbário do Centro de Pesquisas do Cacau e o Jardim Botânico do Rio de Janeiro. O objetivo do projeto é auxiliar o CNPq, CAPES e FAPs na criação de uma base virtual de plantas da flora brasileira que será sediado no Instituto de Pesquisas do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.

O edital selecionou 25 propostas de apoio financeiro a projetos que visam contribuir para o desenvolvimento científico e tecnológico do País, por meio da pesquisa, resgate e uso das informações e disponibilização no Herbário Virtual Autenticado de Espécies da Flora do Brasil - REFLORA, abrangendo as plantas coletadas nos séculos 18, 19 e 20 e depositadas nos herbários do Royal Botanic Gardens de Kew, Inglaterra, e do Muséum National d’Histoire Naturelle de Paris, França.

Com isto, pretendem promover a ampliação do conhecimento, uso sustentável e conservação da flora brasileira, a validação da identidade taxonômica de todos os espécimes analisados, a designação das modalidades de materiais-tipo encontrados e a capacitação de estudantes brasileiros em Taxonomia de espécies da flora do país.

______________________________________________________________
* Malpighiales é uma ordem de plantas angiospérmicas** (plantas com flor - divisão Magnoliophyta), pertencente à classe Magnoliopsida (Dicotiledôneas - planta cujo embrião contém dois ou mais cotilédones).
** As Angiospermas ou angiospérmicas (do grego: angios - "urna" e sperma- "semente") são plantas espermatófitas cujas sementes são protegidas por uma estrutura denominada fruto. Também conhecidas por magnoliófitas ou antófitas, são o maior e mais moderno grupo de plantas, englobando cerca de 230 mil espécies.

I Congresso de Educação, Inclusão e Psicopedagogia Transdisciplinar do Sul da Bahia


O I Congresso de Educação, Inclusão e Psicopedagogia Transdisciplinar do Sul da Bahia será realizado entre os dias 9 e 11 do mês de maio de 2011, no auditório do centro de arte e cultura da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). O evento é promovido pela Associação Brasileira de Psicopedagogia (Seção Bahia), Instituto Superior de Educação Ocidemnte (Iseo) e pelo Núcleo de Pós-graduação de Itabuna, com apoio da UESC.

A abertura do congresso acontecerá às 9 horas, no dia 9 de maio. Logo após a solenidade, haverá conferência da psicopedagoga Maribel Oliveira Barreto (PhD ISEO) sobre o tema “Consciência: Marco Da Educação do Século XXI”. Às 19 horas, outra conferência será realizada pela professora doutora Maria Cecília Gasparian (PUC/SP), que abordará o tema “Abordagem Sistêmica: Educação para a Era da Sustentabilidade.”

O evento contará ainda com painéis, mesas redondas, relatos de experiência, palestras, lançamentos de livros e apresentação de trabalhos. Saiba mais informações sobre a programação e inscrições para o acesse o I Congresso de Educação, Inclusão e Psicopedagogia Transdisciplinar do Sul da Bahia no site www.nippbahia.com.br.

II Congresso Latino Americano de Etologia Aplicada


Os Programas de Pós-Graduação em Ciência Animal e em Zoologia da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) realizarão de 21 e 23 de abril, no Hotel Praia do Sol, em Ilhéus, o II Congresso Latino Americano de Etologia Aplicada (II ISAE-LA), com apoio da UESC, CNPq e FAPESB.

No evento haverá palestras e simpósios sobre etologia aplicada à produção animal, distúrbios comportamentais em animais de companhia, comportamento de cetáceos marinhos, manejo de primatas entre outros. O congresso já é esperado pelos pesquisadores da área na América Latina e conta com o apoio da Sociedade Brasileira de Etologia e da International Society for Applied Ethology.

Veja o Cartaz do Evento.
Mais informações no site do evento: www.isae-la2011.com.br

UFBA


A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB) está com o Edital de Apoio a Publicação Cientifica e Tecnológica (003/2011) aberto para a submissão de propostas.


SELEÇÃO PARA BOLSAS DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA & TECNOLÓGICA

COORDENAÇÃO: Dra. IRACEMA NASCIMENTO
(IB/UFBA)

TEMA: “MICROALGAS COMO MATÉRIA-PRIMA PARA BIOCOMBUSTÍVEIS”

PRÉ-REQUISITOS:
- INTERESSE PELO ASSUNTO
- DISPOSIÇÃO E DISPONIBILIDADE PARA JORNADA DE 20h SEMANAIS DE
TRABALHO
- ESTAR REGULARMENTE MATRICULADO EM CURSO DE GRADUAÇÃO DA
UFBA (BIOLOGIA, QUÍMICA, ENGENHARIAS & CORRELATOS)

PROCEDIMENTOS:
ENVIAR POR E-MAIL ATÉ DIA 13/04/11
(PARA iagocabanelas@hotmail.com):
- Carta de apresentação
- Curriculum vitae

COMPARECER PARA ENTREVISTA (DIAS 14 & 15/04/11 DAS 9h ÀS 12h)
MUNIDO DE :
- COMPROVANTE DE MATRÍCULA
- TABELA COM DISPONIBILIDADE DE HORÁRIO
- HISTÓRICO (ALUNOS A PARTIR DO 2 SEMESTRE)

BIOCONSTRUÇÃO

http://2.bp.blogspot.com/-jbUYMSlyULc/TZDZFgUd77I/AAAAAAAABTE/uT6t0_KN90w/s1600/193593_196107340429127_100000895869516_542528_136188_o.jpg


Vivência em Bioconstrução - Desconto adiado até o dia 10!
Casadinha - duas inscrições, desconto de 15%




Vivência em Bioconstrução que ocorrerá dos dias 21 à 24 de abril no Sítio Biriba (Próximo a Nazaré das Farinhas/BA). Seguem abaixo algumas informações adicionais a respeito da vivência:

PROPÓSITO:
Esta vivência tem como intuito aproximar seus participantes da Permacultura, focando principalmente na área de bioconstrução. Trata-se de uma vivência, pois seu objetivo é trazer experiências ricas e intensas no âmbito da sustentabilidade para seus participantes. Serão abordados temas como princípios e ética da permacultura; captação de água da chuva; técnicas de bioconstrução (taipa; superadobe; cob); estruturas de ferro-cimento; fogão-foguete; entre outros. Além disso, serão iniciadas as obras do projeto de cozinha comunitária do Sítio Biriba, que consiste em uma bioconstrução (de técnicas variadas) com um sistema de captação de água pluvial em seu telhado, que por sua vez levará a água para um tanque de ferro-cimento de 20.000 L.

INFORMAÇÕES SOBRE A VIVÊNCIA:
O investimento será de R$ 350,00 (até o dia 06/04, apenas R$ 300,00). Será disponibilizada uma área de camping para os participantes (alojamento também poderá ser usado, caso necessário), além de três refeições diárias (prezando sempre por alimentos saudáveis para o corpo e gostosos para o paladar). Caso seja do interesse dos inscritos, será disponibilizado o serviço de transporte (ida / volta) para o local do curso, sendo cobrada uma taxa adicional. Os recursos financeiros obtidos através das inscrições do curso serão investidos em parte da estrutura da cozinha comunitária e no custo do próprio curso, portanto não é almejado o lucro financeiro.

FACILITADORES:
Teremos como facilitadores do curso Chelah Corso Gonzá e Nagoy Sol Correa, ambos possuem vasta experiência na área de permacultura e bioconstrução. Chelah é arteducador ambiental, permacultor, poeta e contador de histórias. Possui formação de Permacultura no IPEC (Instituto de Permacultura e Ecovilas do Cerrado) e de design em sustentabilidade (Gaia Education). Trabalha com bioconstrução a mais de 10 anos. Sol é formado em Permacultura pela Rede Permear, OPA (Organização Permacultura & Arte), IPB (Instituto de Permacultura da Bahia) e NEPPSA (Núcleo de Estudos e Práticas em Permacultura No Semi-árido), sendo hoje membro do NEPPSA e da Rede Nordeste de Permacultura.

CONTATO P/ INSCRIÇÕES OU DÚVIDAS:
(71)8879-3922 -> Rafael
(71)8822-3385 -> Maria Rosa
(71)9986-7680 -> Flavio

bioconstrucao@hotmail.com

CONTAMOS COM A SUA PRESENÇA!

Respire paz,

A ORGANIZAÇÃO

ICTIOLOGOS

REPASSANDO....

Prezados,

Estou montando um banco de dados de profissionais que trabalhem com
ictiofauna (fauna de peixe).

Tenho interesse em profissionais de todos os Estados. A empresa onde
trabalho prefere contratar profissionais por região. Assim, gostaria de
receber um currículo resumido (atuação com ictiofauna), Estado onde mora e
atua, titulação, valor aplicados a consultoria (diária, processamento de
dados, relatório), para acresentar profissionais ao banco de dados.

De acordo com a proposta, haverá um contato com profissionais da região dos
estudos e assim será solicitado orçamento fechado para poder realizar o
serviço.

Os interessados podem me enviar e-mail com o assunto "Curriculo Ictio".

obrigado

Frederico

fb19almeida@ yahoo.com. br

8 de abril de 2011

SELEÇÃO DE CONSULTOR POR PRODUTO UNESCO - Projeto 704BRA2041 -

Unesco contrata consultoria para estudos de bacias hidrográficas

EDITAL No- 2, DE 7 DE ABRIL DE 2011


Contrata Consultor por Produto para Projeto da Organização das
Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura - UNESCO,
com o seguinte perfil:

1-PERFIL: Prestação de serviços especializados de consultoria
para elaboração de estudos de alternativas para implementação
de planos de bacias hidrográficas, em especial no que se refere às
bacias Tocantins/Araguaia, Doce e São Francisco.

1.1-QUALIFICAÇÃO
EDUCACIONAL: Curso superior com mestrado e doutorado
em área de ciências exatas ou biológicas.

MAIORES INFORMAÇÕES : http://www.in.gov.br/imprensa/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=112&data=08/04/2011
IMA inspeciona o primeiro Parque Eólico a entrar em operação na Bahia


O Instituto do Meio Ambiente (IMA), através da Coordenação de Impactos Ambientais (COIMP), realizou, entre os dias 29 e 31 de março, a inspeção para analisar concessão da licença de operação do primeiro Parque Eólico da Bahia, que fica localizado na Chapada Diamantina.

O Parque Eólico da empresa Desenvix S/A terá capacidade de 90 MW de geração de energia, através de 57 aerogeradores, distribuídos em três parques: Macaúbas, Seabra e Novo Horizonte. Como a fase de implantação já está concluída, o IMA realizou a inspeção para avaliar se todas as condicionantes estabelecidas para o funcionamento do parque estão de acordo com o que foi solicitado pelo órgão na Licença de Implantação (L.I.), exigências que incluem a garantia de benefícios para as comunidades locais.

Após avaliação técnica, caso esteja tudo de acordo com a L.I., será emitido um parecer, favorável ou não à concessão da Licença de Operação do parque, entrando em operação para teste no início de maio e operação efetiva, em junho, quando haverá a inauguração.

Fonte: Ascom / IMA
AMBIENTALISTAS DENUNCIAM ESVAZIAMENTO DO CEPRAM


Uma carta aberta endereçada ao governador Jaques Wagner (PT), de autoria de 28 entidades ambientalistas e de classe, denuncia o esvaziamento do Conselho de Meio Ambiente (Cepram). O documento questiona a redução de competência do Conselho para avaliar e licenciar empreendimentos de grande porte, conforme projeto de lei de reforma administrativa do Executivo, que deve chegar à Assembleia Legislativa nesta sexta-feira (8). Enquanto o secretário de Meio Ambiente, Eugênio Spengler, nega a diminuição de alcance do órgão, ambientalistas alegam que a matéria não foi suficientemente discutida e pedem ao governador que a competência licenciatória do Cepram seja mantida.

Informações do jornal A Tarde.

fonte: BAHIA NOTICIAS

4 de abril de 2011

A Fundação Garcia D´Ávila participou da Seleção Pública 2010 do Programa Petrobras Ambiental (PPA). Nesta edição a Petrobras disponibiliza R$ 78,2 milhões a iniciativas em todo o país.
Foram inscritos 928 projetos e selecionados 44, apenas 02 contemplados na Bahia, entre estes o Projeto Floresta Sustentável, que tem como objetivo reflorestar e recuperar áreas degradadas de mata atlântica em trecho de APP do Rio Pojuca, visando à formação de corredor ecológico para conectar os fragmentos de Sapiranga e Camurujipe (Mata de São João), com envolvimento da comunidade.
Segue anexo convite de lançamento do Projeto


Alvaro Meirelles

Biólogo (CRBio 59.479/05-D) e Gestor Ambiental

Projeto Floresta Sustentável - Coordenador

Fundação Garcia D’Ávila

55 71 99564487

alvaromeirelles@yahoo.com.br (e-mail e msn)

http://twitter.com/alvaromeirelles

http://grupomeirelles.blogspot.com




Café Científico, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) e pela LDM

O Café Científico, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS) e pela LDM - Livraria Multicampi, tem o prazer de convidá-los para mais um evento no mês de Abril de 2011:

8 de Abril de 2011 – 18:00h

Palestrante - Silvio Cunha (Instituto de Química/UFBA)

Tema - A ciência de criar substâncias sobrenaturais

[Ver mais detalhes no resumo abaixo]

O Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais. Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa atmosfera agradável.

O evento é inteiramente gratuito e não necessita de inscrição. O local é a LDM - Livraria Multicampi, na Rua Direita da Piedade, 20, Piedade.

Para mais informações, ligue 71 2101-8000 (LDM) ou 71 3283-6568 (UFBA).

Maiores informações sobre o café científico de Salvador podem ser encontradas em http://cafecientificossa.blogspot.com

Informações gerais sobre a iniciativa dos Cafés Científicos podem ser conseguidas no seguinte sítio: http://www.cafescientifique.org.

Att

Comissão Organizadora do Café Científico:

Charbel Niño El-Hani (Instituto de Biologia, UFBA. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Biomonitoramento , UFBA).

Primo Maldonado (LDM).

Luana Maldonado (LDM)

Taiane Andrade (LDM)

Liziane Martins (Faculdades Jorge Amado)

Nei de Freitas Nunes Neto (Instituto de Biologia, UFBA).

Sidarta Rodrigues (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, UFBA)

Valter Alves Pereira (Colégio da Polícia Militar. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)

Anna Cassia Sarmento (Colégio da Polícia Militar)

Maria Aparecida Santana (Instituto de Biologia, UFBA).

Frederik Moreira dos Santos (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)

Ricardo Santos do Carmo (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)


CONVITE AUDIÊNCIA PÚBLICA HORTO BELA VISTA

Repassando...

Será importante a nossa participação.

Caríssim@s,

Na próxima quinta-feira, dia 07 de abril, acontece, no auditório do Ministério Público de Nazaré, a audiência pública que vai discutir os impactos do empreendimento Horto Bela Vista, analisados através de um Estudo de Impacto de Vizinhança (um dos instrumentos previstos no Estatuto da Cidade). Também será discutido, na parte da tarde, o Plano Urbanístico do Centro Municipal do Retiro.
A participação de todos nós é muito importante. E, por favor, ajudem na divulgação do evento.



MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA
SEXTA PROMOTORIA DE JUSTIÇA DO MEIO AMBIENTE
COMARCA DE SALVADOR


CONVITE

O MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DA BAHIA convida V.
Sa. para a Audiência Pública, que será realizada durante todo o dia de
07/abril/2011, no Auditório da Sede do Ministério Público do Estado da
Bahia, Avenida Joana Angélica, 1.312, Nazaré, nesta Capital, iniciando às
8:30h, para a apresentação do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) do
empreendimento Horto Bela Vista, localizado no Acesso Norte, às margens
da BR-324, na Cidade de Salvador/Bahia e a apresentação do Estudo
Urbanístico do Centro Municipal - Retiro/Acesso Norte, localizado no Bairro
do Retiro, na Cidade de Salvador/Bahia.
O Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), importante
instrumento para o ordenamento territorial urbano, previsto no Estatuto da
Cidade e Plano Diretor de Desenvolvimento Urbano da Cidade do Salvador,
teve como principais objetivos identificar e avaliar os impactos urbano-
ambientais positivos e negativos decorrentes da implantação do Horto Bela
Vista sobre sua área de vizinhança, bem como, estabelecer medidas a
serem aplicadas, que venham a impedir, compatibilizar, compensar e/ou
mitigar os possíveis impactos urbano-ambientais a serem gerados pelo
empreendimento, ficando estes a níveis e condições aceitáveis, toleráveis,
de forma que não gere incômodo a comunidade e atenda as exigências
legais.
O Plano Urbanístico do Centro Municipal - Retiro/Acesso Norte é
uma exigência dos PDDU´s de 2004 e 2008 para ordenar o
desenvolvimento deste importante nova centralidade no centro de
confluência de todos os principais eixos viários da cidade. O estudo
demonstra um caminho como implantar este novo centro numa forma
autofinanciada pela absorção da maisvalia imobiliária. O estudo demonstra
como o instrumento urbanístico da OPERAÇÃO URBANA CONSORCIADA,
definido pelo PDDU, pode gerar recursos para grandes investimentos
públicos estruturantes da cidade sem depender de recursos federais e
estaduais.
A participação de V. Sa. será de extrema importância
para o aprofundamento das análises sobre o Horto Bela Vista e para o
fortalecimento do uso do instrumento do EIV na gestão urbana da nossa
Cidade.

Salvador, 30 de março de 2011.


Hortênsia Gomes Pinho
Promotora de Justiça

3 de abril de 2011

OPORTUNIDADE - BA

REPASSANDO....

MARENBA - Programa de Monitoramento, Avaliação e Reabilitação de Ecossistemas Naturais e Artificiais do Estado da Bahia

Vaga para estágio voluntá rio para estudantes de Biologia.
Desenvolvimento de pesquisa com Decomposição foliar em riachos tropicais, na região de Mucugê.

Os interessados devem enviar email para lolicerqueira@ gmail.com, para agendar entrevista.

Abs,


Lorena

Estreia a Exposição Sua Mata, Sua Casa




SOS Mata Atlântica estreia exposição interativa em comemoração aos seus 25 anos

Mostra “Sua Mata, Sua Casa” passa por 12 capitais brasileiras durante um ano para chamar a atenção para a importância da Mata Atlântica e sensibilizar a sociedade sobre sua relação com o meio ambiente, com início no dia 11 de fevereiro, em Fortaleza.

Em comemoração aos seus 25 anos, a Fundação SOS Mata Atlântica – ONG pioneira a destinar esforços para a proteção e conservação do bioma mais ameaçado do país -, abriu a exposição interativa “Sua Mata, Sua Casa”, no dia 11 de fevereiro, em Fortaleza. Com o objetivo de mobilizar a sociedade para uma melhor cidadania e mostrar que essa floresta está diretamente relacionada ao seu dia-a-dia, o novo projeto percorrerá 12 capitais em um ano e meio, com patrocínio de Bradesco Cartões e Natura e apoio local de estabelecimentos como o North Shopping Fortaleza, primeiro shopping a receber a exposição.

Onze capitais da Mata Atlântica (Fortaleza, Maceió, Salvador, São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Vitória, Curitiba, Florianópolis, Porto Alegre e Recife) e mais Brasília (que não está no Bioma, mas decide as leis que o afetam) vão ser sede da empreitada e compor, com vários indicadores, um dossiê a ser apresentado no final do percurso. Por ocasião da passagem do projeto, em cada capital visitada, a SOS Mata Atlântica também lançará com as prefeituras locais os Planos Municipais de Mata Atlântica, com o apoio da Frente Parlamentar Ambientalista. “Esse é um momento bastante especial para a SOS Mata Atlântica, pois celebramos todas as nossas conquistas, realizações e até mesmo aprendizados que obtivemos ao longo desses 25 anos. Temos muitas histórias para contar em 2011 e vamos abrir essas comemorações com um projeto inspirador, que dialoga de maneira interativa com pessoas de diversas faixas etárias que moram na Mata Atlântica. Cada pedacinho da exposição foi pensado com carinho para aproximar a sociedade do bioma e levar um pouco de nós, do que temos feito e dizer que essa luta continua e que é de todos”, explica Marcia Hirota, diretora de Gestão do Conhecimento da Fundação.

Sua Mata, Sua Casa

Inspirado na ideia de que a Mata Atlântica é a nossa casa, a exposição reforça que as pessoas vivem em meio à Mata mesmo nas áreas urbanas e que a relação do homem com o bioma é mais direta do que ele imagina. O projeto cenográfico foi criado pela designer Karina Castardelli, da Sapiens Design Consciente , Felipe Vila e Guilherme Nicoletti do VIA6B Estúdio de Arquitetura e Design, com textos de Fernando Esselin e montagem da Pigari Cenografia, além de toda a supervisão e conteúdos da Fundação SOS Mata Atlântica.

A preocupação com a sustentabilidade está em todos os espaços, desde a estrutura (que é produzida com resíduos plásticos), os painéis de comunicação (feitos com papelão e embalagens reutilizadas) até uma árvore de garrafas PET e embalagens Tetrapack. Os muros externos da casa apresentam grafites que retratam temas ambientais. As emissões de carbono geradas pelo projeto serão também compensadas por plantios realizados no Programa Florestas do Futuro, da Fundação.

Um dos espaços da exposição retrata a degradação ambiental vivenciada nas últimas décadas através de uma instalação audiovisual. Painéis ilustrando o nascimento da Fundação, de seu programa de voluntariado e dicas do que a população pode fazer para contribuir com o meio ambiente enriquecem os ambientes. Temas mais densos, como a Lei da Mata Atlântica, foram trabalhados em animações lúdicas e divertidas para facilitar o aprendizado do público leigo e das crianças. A exposição é totalmente acessível a cadeirantes e traz propostas de interação para todas as idades.

As campanhas de mobilização realizadas pela SOS Mata Atlântica são representadas através de silhuetas humanas com as quais o público pode interagir. Já a cozinha mostra a riqueza e variedade de frutas e alimentos nativos. Os artesanatos revelam a diversidade cultural dos povos da Mata Atlântica e o Livro de Receitas traz o segredo do sucesso de uma série de iniciativas.

O quintal da casa é composto por mobiliário de materiais alternativos, onde acontecem as apresentações, podendo ser usado também como espaço de leitura e descanso. Ele é conectado à Biblioteca, que tem publicações da ONG para consulta. Os visitantes interessados em se cadastrarem na Conexão Mata Atlântica, rede social da Fundação, receberão uma foto digital na Mata Atlântica.

A mostra conta ainda com o Túnel da Mata, um espaço fechado e interativo, em que os visitantes podem explorar e descobrir animais emblemáticos do bioma. Esse espaço possui um quiz em Ipads e um mapa com touch-screen, onde o visitante pode navegar pelos remanescentes de Mata Atlântica nas cidades visitadas. As pessoas poderão também registrar suas críticas e ambições relacionados ao meio ambiente por meio de depoimentos que serão colocados na ‘Árvore dos desejos’, feita com garrafas PET e embalagens Tetrapack por artistas da Cooperaacs (Cooperativa Social de Trabalho e Produção de Arte Alternativa e Coleta Seletiva), também responsável pelas artes feitas com lixo que permeiam toda a exposição.

O projeto terá um bike repórter, profissional que percorrerá cada cidade, com o objetivo de coletar dados e informações da região e divulgar a iniciativa para a população. A bicicleta utilizada por ele também ficará exposta, assim como os resultados das entrevistas geradas. Estes dados vão compor o dossiê do projeto, com as demandas e manifestações das cidades, que será entregue em Brasília e na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a ser realizada no próximo ano, no Rio de Janeiro. O evento acontece exatamente 20 anos após a Rio-92, o maior acontecimento da década de 1990 ligado à conscientização da necessidade de proteção do meio ambiente. Esses dois eventos terão seus espaços na casa para mostrar o encontro do passado e futuro.

“Esse projeto não tem apenas caráter educacional, mas também político, pois ele possibilita à população dessas 12 cidades manifestarem suas necessidades. Trabalhamos também com políticas públicas e acompanhando de perto o que acontece em Brasília, exemplos disso são nossos esforços contra as alterações no Código Florestal, que está para ser votado a qualquer momento. Vamos continuar protegendo a nossa floresta”, enfatiza Mario Mantovani, diretor de Políticas Públicas.


convite_25anos sosma_salvador









Ficha Técnica

Projeto Sua Mata, Sua Casa – exposição interativa dos 25 anos da Fundação SOS Mata Atlântica

Estreia dia 11 de fevereiro em Fortaleza
Mais informações:
projeto25@sosma.org.br .

Realização: Fundação SOS Mata Atlântica
Patrocínio: Bradesco Cartões e Natura

Equipe SOS Mata Atlântica
Presidente: Roberto Klabin
Vice-presidente: Pedro Passos
Diretor Administrativo: Olavo Garrido
Diretora de Gestão do Conhecimento: Márcia Hirota
Diretor de Políticas Públicas: Mario Mantovani
Diretora de Comunicação e supervisão da exposição: Ana Ligia Scachetti
Coordenação: Denise Bemelmans
Produção e bike repórter: Lemuel Santos Rex
Captação de Recursos: Adauto Basílio e Thiago Massagardi
Voluntariado: Beloyanis Monteiro
Equipe de apoio: Anaéli Bastos, Andrea Herrera, Camila Plaça, Edma Farias, Kleber Santana, Reinaldo Oliveira, Romilda Roncatti, Tarcila Ione e Vania Schoemberner.
Esta iniciativa conta com a participação de todos os profissionais, voluntários, fornecedores e parceiros locais da SOS Mata Atlântica.
Assessoria de Imprensa: Lead Comunicação

Equipe Criativa e de Produção
Gestão e identidade: Karina Castardelli, Sapiens design consciente
Projeto cenográfico: Concepção de Felipe Vila e Guilherme Nicoletti, Produção de Gustavo Chacon, Luis Crepaldi e Raquel Jordão, VIA6B Estúdio de Arquitetura e Design
Produção de texto e edição de conteúdo: Fernando Esselin
Projeto multimídia: Renato Inácio
Assistente: Ana Tanaka
Produção: Pigari Cenografia
Arte com lixo: Cooperaacs
Equipe de apoio: Dermeval Aires (traduções), Rodrigo Vilalba (revisão de texto)
e Henrique Pimenta

Artistas Convidados
Marcenaria artística: Marcelo Zocchio
Réplicas das frutas: Mário C. Ramos
Grafites: Paulo Zeminian

Agradecimentos
Alfa Citrus, ArcPlan, Educartis, FingerTips, Paramount, Marcos Palmeira, Lenine e Wanessa Camargo. Cessão de vídeos do Projeto da International Paper, com a realização e produção da Magma Editora Cultural e da Enjoy. Obrigado a todos os shoppings, visitantes, monitores locais e voluntários que estão fazendo esta exposição acontecer.

Descarte de Lixo Eletrônico em Salvador

REPASSANDO....

Tem alguma TV velha? Computador sem uso? Videocassete enconstado guardado no
porão? Então leia abaixo e descubra como descarta-lo sem agredir o meio
ambiente! LEIA E REPASSE!

Uma parceria feita entre a Empresa de Limpeza Urbana (Limpurb) e os irmãos
Joseval e Joandro Araújo possibilitam o destino correto do lixo hi-tech.
“Quando solicitados, os irmãos fazem a coleta de equipamentos de casa em
casa gratuitamente. É só ligar e agendar". O depósito fica na Rua do
Carneiro, 54, no bairro de Nazaré. Os telefones para contato são (71)
3241-1463 / 9945-9721 / 8826-0323. Através do site da Limpurb (
www.limpurb. salvador. ba.gov.br) , é possível encontrar informações sobre o
destino correto do e-lixo, e também sobre a coleta seletiva de lixo. O
telefone da Limpurb é (71) 3186-5000.

*Faça a sua parte.*

--
*Adriana P. Godoy
Bióloga

Seguidores