8 de fevereiro de 2014

Concurso internacional de empreendedorismo para juventude cidadã recebe projetos

Concurso internacional de empreendedorismo para juventude cidadã recebe projetos


Imagem: divulgação
Imagem: divulgação
O concurso de empreendedorismo para a juventude cidadã – ‘Youth Citizen Entrepreneurship Competition‘ – é uma nova iniciativa internacional organizada conjuntamente pelas organizações Goi Peace Foundation, Stiftung Entrepreneurship e a UNESCO.
O objetivo é engajar os jovens empreendedores e inovadores a serem agentes de uma mudança positiva em suas comunidades.
Todos os jovens do mundo, com idades entre 15 e 30 anos, estão convidados a participar do concurso e a inscrever suas melhores ideias e projetos. A data limite para enviar os dossiês dos projetos será 30 de junho de 2014 (segunda-feira).
Os vencedores serão convidados para uma cerimônia de entrega de prêmios na Cúpula de Empreendedorismo de Berlim, em outubro de 2014, onde apresentarão suas ideias e seus projetos a um público internacional.
Os inscritos no concurso terão a possibilidade de receber uma formação gratuita online, em inglês, do Campus Empreendedorismo, e de ter seus dossiês revisados por por especialistas e por seus colegas de curso. As ideias e projetos inscritos serão comentados e submetidos a um voto do público mundial.
Todos os detalhes em http://bit.ly/1g2fQBZ

Abertas inscrições para a Mostra Nacional de Conselho Escolar

Abertas inscrições para a Mostra Nacional de Conselho Escolar

Share
Imagem: reprodução
Imagem: reprodução

Encontram-se abertas até o próximo dia 17 de março as inscrições para a “Mostra Nacional de Conselho Escolar: Queremos um Bom Conselho”.
A Mostra Nacional é uma parceria da Secretaria de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC) com a Agenda Pública – Agência de Análise e Cooperação em Política Pública, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), o Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).
Todos os conselhos escolares das redes públicas de educação básica estão convidados a participar da Mostra, que busca identificar e disseminar experiências que contribuam para a gestão democrática e melhoria da qualidade da educação.
A ideia é incentivar o desenvolvimento de experiências de Conselho Escolar que ajudem no alcance dos objetivos e metas do Plano Nacional de Educação e mobilizar municípios, Estados e Distrito Federal para que tornem públicas essas experiências.
Saiba os detalhes e a forma de inscrição em http://uni.cf/1fwxdJD

7 de fevereiro de 2014

Tartaruga surge entre peixes mortos na ilha

Tartaruga surge entre peixes mortos na ilha

Franco Adailton*

  • Lúcio Távora | Ag. A TARDE
    Animais mortos foram coletados e enterrados por pescadores na areia da praia

Um dia depois de A TARDE publicar reportagem sobre a mortandade de peixes na praia de Aratuba, na Ilha de Itaparica (Grande Salvador), pescadores locais coletaram cerca de 80 quilos de peixes na areia da praia, onde uma tartaruga também foi encontrada morta nesta quinta-feira, 6.

Sem razão aparente, exemplares de variadas espécies e tamanhos têm aparecido mortos ou agonizantes, nos últimos 11 dias, conforme informou o presidente da Associação de Pescadores de Aratuba, Antônio de Brito, 54 anos, conhecido como Cotia.

Entre as espécies encontradas, as mais frequentes são barbeiro, badejo, cioba, vermelho-dentão, cambuba, robalo, garoupa, frade, galo, porco e pampo. Na manhã desta quinta, uma moreia também foi encontrada morta.

Os pescadores desconfiam que a  causa da mortandade esteja ligada à aparição de uma mancha  verde nas pedras da Ponta de Aratuba na quarta, 5. O mesmo material foi visto nesta quinta, sendo levado pela água para a praia.

"É uma pena ver essa situação. Desse jeito, a atividade de pesca vai ficar prejudicada na ilha", lamentou Cotia.

"Essa tartaruga que apareceu morta não foi  atingida por rede, senão apresentaria marcas. É mais grave do que pensava", acrescentou.

Tartaruga encontrada morta na praia de Aratuba (Foto: Lúcio Távora l Ag. A TARDE)
Análise
Conforme a assessoria de comunicação do Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), técnicos do órgão foram enviados a Aratuba na manhã desta quinta.
Ainda segundo a assessoria, eles recolheram amostras da água do mar e de peixes mortos  no local. O material foi encaminhado para análise ainda na manhã desta quinta. O relatório com o resultado do exame deve ficar pronto em sete dias.
No entanto, de acordo com relatos de moradores e pescadores, os técnicos do Inema não foram vistos no local durante a manhã desta quinta.
Enterrados
Para evitar que urubus sejam atraídos pelo forte cheiro propagado pelos peixes mortos, os pescadores enterraram boa parte deles - já em avançado estado de decomposição - após  limparem o local nesta quinta. As carcaças foram depositadas em um buraco fundo na praia.
"Alguém tem que tomar uma providência, pois eu nunca vi algo assim acontecer aqui na ilha", cobrou o também pescador Jailson Sacramento, 25 anos, enquanto ajudava a enterrar os peixes.
Depois que A TARDE publicou a primeira matéria  sobre o comércio do pescado encontrado na praia de Aratuba, nesta quitna a reportagem não flagrou ninguém da comunidade procurando peixes para venda e ou consumo.
No entanto, moradores disseram à equipe do jornal ter visto dois grupos na praia pela madrugada. "Depois que me viram, cortaram caminho por um beco", disse uma pessoa que, como as demais, não quis se identificar.


Colaborou Luana Almeida*

Aos presidentes da Câmara dos Deputados, Senado e comissões especializadas: Os Biólogos do Brasil pedem que agilizem e aprovem o PL 5755/2013!

Aos presidentes da Câmara dos Deputados, Senado e comissões especializadas: Os Biólogos do Brasil pedem que agilizem e aprovem o PL 5755/2013!

Aos presidentes da Câmara dos Deputados, Senado e comissões especializadas: Os Biólogos do Brasil pedem que agilizem e aprovem o PL 5755/2013!

Por que isto é importante

O PL 5755/2013, de autoria do Dep. Danrlei de Deus Hinterholz (PSD-RS), pode se tornar uma grande conquista para os Biólogos do Brasil! O projeto dispõe sobre a jornada, condições de trabalho e piso salarial dos Biólogos.

Todos os Biólogos e suas famílias sabem como é difícil encontrar um emprego digno na área e, encontrando-o, como as remunerações são baixas!

Essa é a nossa chance de revertermos esse quadro de desvalorização da nossa profissão!

Vamos nos unir, apoiar o Dep. Danrlei pela sua iniciativa, e pressionar todos os envolvidos no processo de aprovação do PL para que o mesmo não caia no esquecimento e seja encaminhado à votação o mais rápido possível, e APROVADO.

Assine a petição e entregaremos as assinaturas ao Deputado Danrlei de Deus Hinterholz (PSD-RS). Conforme o projeto caminhar, iremos entregar a petição com as assinaturas atualizadas as pessoas certas e envolvidas no processo de criação do nosso Piso Nacional. 
 
 
FONTE: https://secure.avaaz.org/po/petition/Aos_presidentes_da_Camara_dos_Deputados_Senado_e_comissoes_especializadas_Os_Biologos_do_Brasil_pedem_que_agilizem_e_apr/?copy
 

Biólogos enchem formigueiro com cimento e descobrem arquitetura impressionante

Biólogos enchem formigueiro com cimento e descobrem arquitetura impressionante

As formigas precisaram mover 40 toneladas de solo para construir a sua casa

Biólogos enchem formigueiro com cimento e descobrem arquitetura impressionante Reprodução/Youtube
Túneis são construídos de modo a prover boa ventilação e rotas curtas para a circulação
 Foto: Reprodução / Youtube
 
Como a ponta de um iceberg, a imagem que temos de um formigueiro esconde uma estrutura muito maior. Por onde andam as formigas quando mergulham na terra? Qual é o desenho das galerias que constroem?
Um grupo de biólogos resolveu responder essas perguntas enchendo um formigueiro de água com cimento. Eles passaram três dias despejando o líquido (10 toneladas dele) sobre a casa dos insetos.
Um mês depois, período durante o qual o concreto secou, os cientistas começaram o trabalho de escavação, liderados pelo professor Luis Forte, da Faculdade de Ciências Agronômicas da Unesp de Botucatu.

Após semanas de trabalho, a megalópole das formigas apareceu, com autoestradas conectando câmaras e vias secundárias chegando como afluentes aos túneis principais. Algumas dessas vias levam a "jardins de fungos" (onde são deixadas as folhas coletadas, que servirão de comida aos fungos, que servirão de alimento às formigas) e "lixeiras".

Os túneis são construídos de modo a prover boa ventilação e rotas curtas para a circulação. Toda a estrutura descoberta cobre uma área de 50 m² e desce a 8 metros abaixo da terra. As formigas precisaram mover 40 toneladas de solo para construir a sua casa. Assista abaixo o vídeo desta façanha:

http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/geral/planeta-ciencia/noticia/2013/10/biologos-enchem-formigueiro-com-cimento-e-descobrem-arquitetura-impressionante-4313326.html?impressao=sim

ZERO HORA

Licitação - Plano de Manejo das UC da Ba.

Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - INEMA
 
RESULTADO DE JULGAMENTO DAS NOVAS PROPOSTAS TÉCNICAS – CONCORRÊNCIA Nº. 003/2013 – SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE – SEMA / INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS – INEMA

A Comissão de Licitação do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos - INEMA, após análise e julgamento das novas propostas técnicas, em conformidade com a Lei Estadual 9.433/2005 e disposições do Edital da Licitação da Concorrência nº. 003/2013, cujo objeto é a Prestação de Serviço Especializado para a elaboração do Plano de Manejo da Estação Ecológica do Rio Preto, resolve divulgar o seguinte resultado:
Empresas CLASSIFICADA: Greentec Consultoria e Planejamento Agroflorestal  e do Meio Ambiente Ltda
Nota Técnica: 67,5. Indice Técnico: 10
                                             
Fica designado o dia 18/02/2014, às 10:00 horas (horário local), na sede do INEMA Monte Serrat, a sessão de abertura dos envelopes B – Preço.
Salvador – BA, 06/02/2014 – Josie Guayacanans Silveira Motta Bahiense - Presidente da Comissão em Exercício.


COMUNICADO – CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 002/2013 – SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE – SEMA / INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS – INEMA

A Diretora Geral do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos – INEMA, no uso de suas atribuições, RESOLVE declarar FRACASSADA a licitação supramencionada, que tinha como objeto a “Prestação de Serviço Especializado para elaboração do Plano de Manejo da Área de Proteção Ambiental – APA da Baía de Todos os Santos – BTS.”
Salvador – BA, 06/02/2014 – Márcia Cristina Telles de Araújo Lima – Diretora Geral do INEMA.

O estudo da biodiversidade na era dos dados digitais e moleculares.

Gente
A não perder, hoje
​ (dia 7 de fevereiro)​
no Mini-Simpósio II, no Salão Nobre do Instituto de Biologia a Drª. Cristiane Bastos-Silveira apresentará a palestra: O estudo da biodiversidade na era dos dados digitais e moleculares. Drª. Cristiane está interessada em estabelecer cooperações com o Instituto de Biologia e esta é uma oportunidade de ímpar para se ver o seu trabalho. Maiores informações em Seminário de Dra. Cristiane.

Imagem inline 1
__________________________________________
Marenba - Programa de Monitoramento, Avaliação e Reabilitação de Ecossistemas Naturais e Artificiais do Estado da Bahia
Tel.: (71) 3283-6525
Fax: (71) 3245-3126
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Coleção Sons Invisíveis

Convido a você desfrutar das vozes de noventa espécies da avifauna brasileira. Cada uma delas com seu estilo musical.

Curta a natureza como nunca antes. Viaje pelo Brasil por meio dos sons das aves, praias, rios e florestas.

De sul a norte, De leste a Oeste, cada região do país está representada.

Veja:

Sou Juan Pablo.

Nasci no Uruguai em 1986 e sou deficiente visual de nascença.
Desde cedo sempre tive contato com as aves. Aprecio-as de maneiras não tão comuns.
Não enxergar as aves com os olhos não significa que não as conheça: as enxergo de forma diferente, por meio de suas vozes.

 visitem: http://www.sonsinvisiveis.com/

6 de fevereiro de 2014

Saúde & Ambiente em Revista

Saúde & Ambiente em Revista

Saúde & Ambiente em Revista é uma publicação científica periódica semestral, que publica resultados de pesquisa básica ou aplicada, relacionados à grande área de Biociência, com uma abordagem voltada para as diferentes vertentes da saúde e do meio ambiente. Se direciona a pesquisadores,pós-graduandos, estudantes e o público em geral.
 

Saúde & Ambiente em Revista acaba de publicar seu número mais recente em http://publicacoes.unigranrio.edu.br/index.php/sare. Convidamos a navegar no
sumário da revista para acessar os artigos e itens de interesse.

PINGUIM -POR QUE APARECEM NO BRASIL?

POR QUE APARECEM NO BRASIL?
Os cientistas não sabem ao certo. Durante o inverno, os pinguins-de-magalhães migram da Patagônia para fugir do frio rigoroso. Provavelmente, alguns se perdem e acabam nas praias do Brasil.

Editoria de Arte/Folhapress
Arte sobre o que fazer se encontrar pinguins na praia

Capes assina novos periódicos da Nature Publishing Group

Capes assina novos periódicos da Nature Publishing Group

 
Os usuários das instituições participantes do Portal de Periódicos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) têm acesso a 18 novos títulos da editora Nature. Os periódicos abrangem as áreas de bioquímica, geociências, materiais, nanotecnologia, fotônica, física, metodologia e procedimentos.

Ainda estão disponíveis publicações de revisão nas áreas de cardiologia, oncologia e clínica, endocrinologia, gastroenterologia e hepatologia, nefrologia, neurologia, reumatologia e urologia. A disponibilidade dos periódicos varia de 1997 até o presente. A nova lista contempla os títulos:

  • Nature Reviews Cardiology
  • Nature Reviews Clinical Oncology
  • Nature Reviews Endocrinology
  • Nature Reviews Gastroenterology & hepatology
  • Nature Reviews Nephrology
  • Nature Reviews Neurology
  • Nature Reviews Rheumatology
  • Nature Reviews Urology
  • Nature Chemical Biology
  • Nature Chemistry
  • Nature Climate Change
  • Nature Communications
  • Nature Geoscience
  • Nature Methods
  • Nature Nanotechnology
  • Nature Photonics
  • Nature Physics
  • Nature Protocols


Sobre a Nature
Lançada em 1869, a Nature é uma das publicações científicas mais antigas. Editada pelo Nature Publishing Group, a revista recebe mais de 6 milhões de acessos por mês na sua versão online. O periódico é o mais citado de acordo com o Journal Citation Reports (JCR) em diversas áreas do conhecimento.

Dados levantados pelo Library Journal, revista para profissionais da Biblioteconomia e Ciência da Informação, citam que o grupo edita títulos de peso como o Nature Communication, considerado o primeiro produto dessa natureza com opção de acesso aberto. A plataforma Nature, além de permitir acesso a todas as publicações, oferece podcasts, notícias, blogs, conferências, vídeos e outros recursos.

Fabrícia Carina Souza Araúj

FAPESB e CAPES lançam edital de bolsas de Pós-Doutorado



A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia – FAPESB, em parceria com a
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, lançou, nesta
quarta-feira, 05/02, o Edital 006/2014 – Programa de Bolsas de Pós-Doutorado. O
objetivo deste edital é fortalecer os Programas Pós-Graduação stricto sensu do Estado da
Bahia, mediante a concessão de bolsas de Pós-Doutorado no país.

Por meio deste edital, serão absorvidos temporariamente pesquisadores-doutores para
atuarem em projetos de pesquisa de ciência, tecnologia, e/ou inovação na Bahia. O edital
visa também à qualificação docente de pesquisadores através da realização do pós-doutoramento em instituições de ensino superior, pesquisa e/ou inovação em outros estados do Brasil.
Para este edital, foram alocados recursos financeiros no valor total de R$ 4.920.000,00 (quatro milhões, novecentos e vinte mil reais). Até 50 bolsas de Pós-Doutorado poderão ser concedidas, com valor  mensal de R$ 4.100,00 (quatro mil e cem reais).

Clique aqui para ver o Edital.
Clique aqui para ver o Edital.
Por: Lorena Bertino – Ascom/Fapesb

Morte de peixes é mistério na Ilha de Itaparica

Franco Adailton*
Lúcio Távora | Ag. A TARDE
  • Animais foram encontrados mortos nas areias da praia
Peixes de variados tamanhos e espécies têm aparecido mortos, nos últimos dez dias, no litoral da praia de Aratuba, na Ilha de Itaparica (Grande Salvador). Aproveitando a facilidade do pescado fácil, moradores da localidade têm usado os animais para vendê-los e, até mesmo, se alimentar.
"Oxe, eu vou é comer!", respondeu logo o garoto Marcone, de apenas 8 anos, após pegar com as mãos um "barbeiro azul", na tarde de quarta-feira, 5. A brincadeira comum para as crianças virou motivo de preocupação para os pescadores locais, que estão intrigados com a procedência dos peixes.
Barbeiros, badejos, ciobas, vermelhos-dentões, cambubas, rubalos, garoupas, frades, galos, porcos e pampos são apenas algumas das espécies contabilizadas pelo presidente da Associação de Pescadores de Aratuba, Antônio de Brito, 54 anos, conhecido como Cotia.
Durante uma caminhada em um trecho de cerca de dois quilômetros na costa de Aratuba, a equipe de reportagem contabilizou, espalhados pela areia da praia e dentro do mar, pelo menos, 50 peixes, entre mortos e ofegantes. Mas o número é bem maior, conforme o pescador.
"As pessoas acordam cedo para catar na praia. Eu tenho dito para não comer nem vender esses peixes", aconselhou o pescador nativo de Aratuba, antes de completar: "Minha preocupação toda é que a gente não sabe o que têm provocado a morte desses peixes".
Conforme avaliou o pescador, a maioria das espécies afetadas pelo fenômeno, até então, desconhecido, é formada por peixes comuns em alto-mar, nas águas mais profundas. "O que me estranha é que são peixes de pedra, que habitam tocas. Não são do litoral", afirma.
Cheiro forte de carne apodrecida
A aparição dos peixes mortos têm chamado a atenção dos urubus que, atraídos pelo cheiro forte de carne apodrecida, devoraram um badejo de cerca de 20 kg, deixando apenas a carcaça do animal moribundo jazendo na praia.
"Nem todos aparecem mortos. Algo está acontecendo com os peixes, que está impendido eles de nadar, de ficar debaixo d'água. Por isso, eles boiam", observou o pescador Renato Ferreira, 27 anos, cujo pai pegou um pampo com cerca de oito quilos. "São peixes nobres", acrescentou.
A resposta para o mistério que envolve a mortandade dos animais pode estar ali mesmo, na praia, em um local conhecido como Ponta de Aratuba, onde Cotia encontrou uma espessa crosta de um material de coloração esverdeada, inodora, sobre a água e encrustada na laje de pedra.
"Nesse tempo todo que eu moro e pesco por aqui, nunca vi essa mancha estranha na água", garante o presidente da associação, que aproveitou para coletar uma amostra do material com uma pequena garrafa de água mineral.
*Colaborou Jair Mendonça Jr.

Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos

Mestrado
Mestrado
 
O Programa de Pós-Graduação em Educação de Jovens e Adultos, vinculado ao Departamento de Educação (DEDC) do Campus I da Universidade do Estado da Bahia (Uneb), em Salvador, está com inscrições abertas, até sexta-feira (7), para seleção de aluno especial 2014.1 do curso de mestrado profissional. Estão sendo oferecidas 16 vagas.
 
Os interessados em participar da seleção devem preencher a ficha de inscrição eletrônica e apresentar o comprovante de pagamento da taxa de R$ 60 e demais documentos exigidos no edital (veja retificação ao edital) na secretaria do programa, das 8h às12h e das 14h às 17h.
 
Fonte: Ascom/ Uneb

5 de fevereiro de 2014

Criado Programa Nacional de Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção - Pró-Espécies

PORTARIA No-43, DE 31 DE JANEIRO DE 2014
A MINISTRA DE ESTADO DO MEIO AMBIENTE, no uso
de suas atribuições, e tendo em vista o disposto na Lei nº 10.683, de 28 de maio de 2003, e no Decreto nº 6.101, de 26 de abril de 2007,e 
 
Considerando os compromissos assumidos pelo Brasil junto à Convenção sobre Diversidade Biológica-CDB, ratificada pelo Decreto Legislativo nº 2, de 8 de fevereiro de 1994, e promulgada pelo Decreto nº 2.519, de 16 de março de 1998, particularmente aqueles explicitados nos arts. 7º, alínea "b" e "c"; 8º, alínea "f"; e 9º, alínea "c"; e ainda os objetivos e as metas estabelecidos pela Estratégia Global para a Conservação de Plantas-GSPC, no âmbito da CDB;
 
Considerando o disposto nas Leis Nºs 6.938, de 31 de agosto de 1981; 9.985, de 18 de julho de 2000; 12.651, de 25 de maio de 2012; 10.650, de 16 de abril de 2003; 11.516, de 28 de agosto de 2007; e no Decreto nº 4.340, de 22 de agosto de 2002;
 
Considerando os princípios e diretrizes para a implementação da Política Nacional da Biodiversidade, constantes do Decreto nº 4.339, de 22 de agosto de 2002, e do Decreto nº 4.703, de 21 de maio de 2003, que dispõe sobre o Programa Nacional da Diversidade Biológica-PRONABIO e a Comissão Nacional da Biodiversidade-CONABIO;
 
Considerando a Decisão X/2, da 10ª Conferência das Partes
(COP-10) da CDB, que trata do Plano Estratégico de Biodiversidade 2011-2020 e das Metas de Aichi de Biodiversidade e a Resolução CONABIO nº 06, de 3 de setembro de 2013, que dispõe sobre as Metas Nacionais de Biodiversidade 2011-2020 e estabelece como Meta Nacional 12: "Até 2020, o risco de extinção de espécies ameaçadas terá sido reduzido significativamente, tendendo a zero, e sua
situação de conservação, em especial daquelas sofrendo maior declínio, terá sido melhorada"; e
 
Considerando o disposto na Lei Complementar nº 140, de 8
de dezembro de 2011; na Lei nº 9.984, de 17 de julho de 2000; e nos Decretos nºs 3.692, de 19 de dezembro de 2000; 6.099, de 26 de abril de 2007; 6.645, de 18 de novembro de 2008; e 7.515, de 8 de julhode 2011, resolve:
 
Art. 1º Instituir o Programa Nacional de Conservação das
Espécies Ameaçadas de Extinção - Pró-Espécies, com o objetivo de adotar ações de prevenção, conservação, manejo e gestão, com vistas a minimizar as ameaças e o risco de extinção de espécies.
 
PARA MAIORES INFORMAÇÕES, ACESSE: 
http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=1&pagina=53&data=05/02/2014

WWW.MMA.GOV.BR

Ciência sem Fronteiras lança chamada para Jovens Talentos e Pesquisador Especial Visitante

CONSELHO NACIONAL DE DESENVOLVIMENTO
CIENTÍFICO E TECNOLÓGICO
 
AV I S O S
 
CHAMADA PARA SELEÇÃO DE PROJETOS
 
O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq e a Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior - CAPES, vinculados, respectivamente, ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI e ao Ministério
da Educação - MEC, com a participação das Fundações de Amparo à Pesquisa - FAPs, tornam público a Chamada de Projetos MEC/MC-TI/CAPES/CNPq/FAPs nº 02/2014 - Programa Ciência sem Fronteiras - Bolsas no País - Modalidade Atração de Jovens Talentos - BJT, cuja íntegra encontra-se disponível na Página do CNPq na Internet, http://www.cnpq.br e do http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/jovem-talento3 e convidam os interessados a participarem do processo de seleção à bolsa de Atração de Jovens Talentos do Programa Ciência sem Fronteiras, de acordo com as normas
da Chamada e a legislação aplicável à matéria, em especial a Lei nº9.784, de 29/01/1999, ao Decreto nº 7.642, de 13/12/2011 e às normas internas do CNPq e da CAPES. Objetivo: A presente Chamada, gerida exclusivamente pelo CNPq, tem como objetivo o apoio financeiro a projetos de pesquisa que visem, por meio do intercâmbio, da mobilidade internacional e da cooperação científica e tecnológica, promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade do País com enfoque nas áreas contempladas do Programa Ciência sem Fronteiras, nela relacionadas. Recursos: As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global estimado de R$ 135.815.382,00 oriundos do orçamento do CNPq. A estimativa de orçamento é baseada no valor global inicial para o fomento de 570 Projetos Atração de Jovens Talentos. Conforme o interesse de cada um dos estados, as Fundações de Amparo a Pesquisa - FAPs seguindo suas normativas e eventuais chamadas internas específicas para este fim, poderão dispor de recursos adicionais para financiamento de cotas de bolsas, incremento dos auxílios à pesquisa, inclusive na rubrica de custeio, de capital
e/ou diárias e passagens. Os recursos serão direcionados ao financiamento de projetos e bolsas sendo liberados em até três parcelas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq e necessidade e interesse das FAPs. Cronograma: Lançamento da Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq e na página do Programa Ciência sem Fronteiras: 05/02/2014; Disponibilização do formulário de Propostas Online: 05/02/2014. Primeiro Calendário de envio de propostas: Data limite para envio das propostas: 07/04/2014; Divulgação dos resultados no Diário Oficial da União, na página do
CNPq e na página do Programa Ciência sem Fronteiras: Primeira quinzena de junho; Início da vigência dos Projetos Aprovados: junho a agosto/2014. Segundo Calendário de envio de propostas: Data limite para envio das propostas: 23/06/2014; Divulgação dos resultados no Diário Oficial da União, na página do CNPq e na página do Programa Ciência sem Fronteiras: Segunda quinzena de agosto; Início da vigência dos Projetos Aprovados: Setembro a Novembro/2014.
 
Terceiro Calendário de envio de propostas: Data limite para envio daspropostas: 15/09/2014; Divulgação dos resultados no Diário Oficial da União, na página do CNPq e na página do Programa Ciência sem Fronteiras: Segunda quinzena de novembro; Início da vigência dos Projetos Aprovados: dezembro/2014 a fevereiro/2015.
 
PARA MAIORES INFORMAÇÕES, ACESSE: http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=9&data=05/02/2014
 
WWW.MCTI.GOV.BR