4 de outubro de 2012

Curso Métodos Modernos de Visualização de Células e Antígenos

Curso UESC

Para maiores informações acesse http://www.uesc.br/centros/cme/.
VII Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação
VII Seminário de Pesquisa, Pós Graduação e Inovação

A Universidade do Estado da Bahia através da Pró-Reitoria de Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação está promovendo o VII Seminário de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação, que ocorrerá entre os dias 05 e 09 de novembro de 2012. O objetivo é socializar as diversas experiências voltadas à pesquisa e pós-graduação da universidade, destacando o potencial da mesma no que concerne à inovação e sustentabilidade em diferentes escalas de análise. O tema deste ano é "A Pesquisa em Rede: Potencial para Inovação e Sustentabilidade".


Para maiores informações, acesse
http://www.spp.uneb.br/.

Simpósio Biobahia: Transformando a Biodiversidade em Recursos Genéticos

Simpósio Biobahia

O Simpósio Biobahia: Transformando a Biodiversidade em Recursos Genéticos, promovido pelo Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), acontecerá nos dias 25 e 26 de outubro de 2012, no Auditório Lazareto da FAPESB. Não há taxa de inscrição, mas é necessário confirmar presença por e-mail (recursos.geneticos.bahia2012@gmail.com), devido ao limite de vagas.


Ao final do Simpósio, será fornecido certificado.


Confira a Programação


Transformando a Biodiversidade em Recursos Genéticos
25 E 26 DE OUTUBRO DE 2012



Dia 25/10/2012


8:30-9:00h Recepção


9:00-9:45h Solenidade de Abertura


9:45-10:00h Café


10:00-11:00h Palestra: Recursos Genéticos e Inovação: Perspectivas Atuais- Dr. Enio Antunes Rezende (UEFS)


11:00-12:00h Palestra: Centro Nacional de Conservação da Flora: demandas nacionais e oportunidades locais -Dr. Gustavo Martinelli (CNCFLORA/JBRJ)


12:00-14:00h Almoço


14:00-15:00h Palestra: As ações da RGV-NE – Dr. Manoel Abílio de Queiroz (UNEB Juazeiro/RGV-NE)


15:00-15:15h Café


15:15-16:45h Mesa redonda: EMPREENDEDORISMO E RECURSOS GENÉTICOS-HORIZONTE PARA AS PRÓXIMAS DÉCADAS

Indicação geográfica: oportunidade para a produção de espécies ornamentais- Dr, Celso Merota (MAPA)
Bromélias nativas, uma trajetória de Conservação e Uso- Dr. Pedro Nahoum (BOTÂNICA POP LTDA)
Roberto Burle Marx – O domesticador brasileiro de plantas – Dr. Roberto Lisboa Romão (UEFS)
Mediador- Dra. Maria Angélica Costa (UFRB)

16:45-17:30h Balanço das atividades do dia – Dra. Maria Angélica Costa (UFRB)


Dia 26/10/2012


9h00-10h30 Mesa redonda: A CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE E OS RECURSOS GENÉTICOS VEGETAIS

Diversidade de espécies nos biomas da Bahia – Dra. Ana Maria Giulietti Harley (Kew Botanical Garden)
Leguminosas da Caatinga e o seu Potencial- Dr. Luciano Paganucci de Queiroz (UEFS)
Uma viagem pelas Cactaceas – Ms. Frederic Mendes Hughes (UFMG)
Mediador – Dra. Tânia Regina Santos Silva (UEFS)

10:30-10:45 Café


10:45-11:20hs Palestra: O CNCFLORA e a Estratégia Global para a conservação de Plantas- Dr. Gustavo Martinelli (CNCFLORA/JBRJ)


11:20-12:00hs Palestra: Conservação de Espécies Ameçadas: Informação, Planejamento e Ação- Ms. Miguel de Moraes (CNCFLORA;JBRJ)


12:00-14:00h Almoço


14:00-15h00 REUNIÃO TÉCNICA: Dra. Iara Cândido Crepaldi (UEFS)

Coordenação- Grupo de Trabalho

15:00-15:15h Café


16:15-16:45h Relatoria do Grupo: Dr. Manoel Abilio de Queiroz (UNEB Juazeiro/RGV-NE)


16:45-17:30h Consolidação e Encerramento


ORGANIZAÇÃO DO EVENTO

Coordenação: Profs. Iara Cândido Crepaldi e Roberto Lisboa Romão
Apoio: Profa. Kathleen Ramos Deegan (UFBA)
Shirley Reis de Oliveira (UFBA)
Ivan Abreu (UFBA)
Miriam Juvino (Instituto A Gente se Fala)

Realização e Apoio:
UEFS / FAPESB / SECTI / RGV-NE / UNEB / UFRB / UFBA / CNCFLORA / AGIR / INSTITUTO A GENTE SE FALA

UFRB - II RECONCITEC


II RECONCITEC já registra mais de 5 mil inscritos   |

A II Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia – RECONCITEC, promovida pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), já registra mais de 5 mil inscritos na manhã desta quarta-feira, 3, faltando apenas duas semanas para o evento.

De 17 a 19 de outubro, a II RECONCITEC vai reunir estudantes, professores e pesquisadores das instituições de ensino superior, médio e fundamental e dos institutos de pesquisa, além da comunidade do Recôncavo, em torno de uma programação que contempla temas relacionados às questões locais. O objetivo é debater e elaborar estratégias para alavancar o desenvolvimento sustentável da região promotora do evento, sob a ótica da ciência e da tecnologia.

A edição de 2012 terá como tema "Energias Renováveis, Educação, Tecnologia e Sociedade". O primeiro dia da RECONCITEC, 17, ocorre no campus de Cruz das Almas e conta com palestras e apresentações de trabalhos nas formas orais e pôsteres. Já no segundo e terceiro dias, 18 e 19, minicursos, palestras, exposições científicas e tecnológicas serão realizados em todos os campi da UFRB, nas cidades de Amargosa, Cachoeira, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus. Atividades culturais também marcam todos os dias do evento. Confira a programação completa.

As inscrições continuam disponíveis pelo site do evento www.ufrb.edu.br/reconcitec e são gratuitas. O cadastro para ouvinte pode ser feito até 08 de outubro.

A RECONCITEC tem apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) - Fruticultura e Mandioca e Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA).

 

II Jornada de Engenharia Sanitária e Ambiental

II Jornada de Engenharia Sanitária e Ambiental
Quando:
08/10 - 10/10 
Onde:
Campus Cruz das Almas - Cruz das Almas
Categoria:
Eventos

Descrição

Entre os dias 08 e 10 de outubro de 2012, será realizada no campus da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em Cruz das Almas a II Jornada de Engenharia Sanitária e Ambiental (JESAM). O evento contempla e atualiza os discentes em temas relevantes da Engenharia Sanitária e Ambiental, com a realização de palestras, minicursos e apresentações científicas.

A JESAM tem por objetivo principal reunir pesquisadores, técnicos e estudantes em geral para apresentar os resultados mais recentes de seus trabalhos, bem como fomentar debates e incentivar parcerias. São ainda objetivos específicos: promover articulação da UFRB com outras instituições de ensino e pesquisa e atores com atuação no setor de saneamento (Órgãos da área de saúde, prestadores de serviços de saneamento, entidades reguladores, etc.), e estimular a publicização dos resultados de estudos e pesquisas realizados pelos pesquisadores, técnicos e estudantes em geral.

Mais informações no www.ufrb.edu.br/jesam ou www.jesamblogspot.com.

Local

Local:
Campus Cruz das Almas



Criação de fundo para estimular ecoturismo aguarda votação na CDR

 
Da Redação
Para incentivar a visitação a parques ecológicos e a geração de empregos, projeto do senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) cria um fundo de natureza contábil para incentivar o ecoturismo. O PLS 687/2011 está pronto para votação na Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR).
O Fundo de Incentivo à Geração de Emprego no Setor de Ecoturismo (Fungeco) tem como objetivo financiar micro e pequenas empresas ligadas ao turismo ambiental. Segundo o autor, a medida vai permitir formar mão de obra e gerar empregos, promovendo uma atividade que respeita os recursos naturais e a cultura local.
“O Brasil possui 76 parques nacionais, 88 reservas biológicas naturais e 94 áreas de proteção ambiental (APA), no âmbito federal, estadual e municipal. Esse é o cenário para o desenvolvimento do ecoturismo, entendido como aquele que concilia a exploração turística com o meio ambiente, harmonizando as ações com a natureza”, explica Vital do Rêgo, ao ressaltar o potencial do setor no país.
Em voto pela aprovação da matéria, o relator Wellington Dias (PT-PI) reforça os argumentos de Vital, destacando a perspectiva de crescimento do turismo no Brasil. “O Brasil surge em primeiro lugar no ranking dos 20 países com maior diversidade ecológica no planeta, o que torna o país um destino atraente, cuja procura tem aumentado nos últimos anos, dada a sua natureza privilegiada, a sua ampla e rica geografia e diversidade cultural”, afirma.
Pelo texto apresentado, o Fungeco também deve ser utilizado para viabilizar ações de conscientização ambiental e em campanhas de visitação aos parques ecológicos brasileiros, como estratégia de envolvimento da população com o turismo verde.
Recursos
Parte dos recursos do fundo seria proveniente de multas por descumprimento de leis de proteção ao meio ambiente, como a Lei de Crimes Ambientais (Lei 9.605/1998) e o Código Florestal (Lei 12.651/2012). Também poderão ser aportados recursos do Orçamento da União, além de doações de entidades públicas e privadas, nacionais e internacionais, e de aplicações financeiras.
O PLS 687/2011 prevê que o fundo seja fiscalizado pelo órgão de controle interno do Ministério do Turismo e pelo Tribunal de Contas da União (TCU).
Depois de votada na CDR, a proposta segue para a Comissão Assuntos Econômicos (CAE), em decisão terminativa.
Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

EMBRAPA - REVISTA JUN12

EMBRAPA - REVISTA JUN12

SELEÇÃO DE PROJETOS

EDITAL DE CHAMADA PÚBLICA No- 18/2012
SELEÇÃO DE PROJETOS

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação - MCTI, por
intermédio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e
Tecnológico - CNPq e o Ministério da Educação-MEC por intermédio
da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior -
CAPES, tornam pública a Chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES no-
18/2012, cuja íntegra encontra-se disponível na Página do CNPq na
Internet, http://www.cnpq.br e convida os interessados a apresentarem
propostas nos termos nela estabelecidos, e em conformidade com o
anexo REGULAMENTO, parte integrante da Chamada.

Objetivo:

Selecionar propostas para apoio financeiro a projetos que visem contribuir
significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico
e inovação do País nas áreas de Ciências Humanas, Sociais
e Sociais Aplicadas. As propostas devem observar as condições específicas
estabelecidas na parte II - REGULAMENTO, anexo a Chamada,
que determina os requisitos relativos ao proponente, cronograma,
recursos financeiros a serem aplicados nas propostas aprovadas,
origem dos recursos, itens financiáveis, prazo de execução dos
projetos, critérios de elegibilidade, critérios e parâmetros objetivos de
julgamento e demais informações necessárias.

Recursos: As propostas

aprovadas serão financiadas com recursos no valor global estimado de
R$ 8.000.000,00, sendo 50% da CAPES e 50% do CNPq, recursos
estes oriundos do Tesouro Nacional, do orçamento de 2012, relativo
ao Fomento à Pesquisa Fundamental, a serem liberados de acordo
com a disponibilidade orçamentária e financeira do CNPq e da CAPES.

Os projetos aprovados terão valor máximo de R$ 30.000,00,

para gastos com itens custeio e capital.

Cronograma:
Lançamento da
Chamada no Diário Oficial da União e na página do CNPq:
03/10/2012;
Data de início da submissão das propostas: 04/10/2012;

Data limite para submissão das propostas: 19/11/2012;
Divulgação
dos resultados no Diário Oficial da União e na página do CNPq nainternet:
A partir de dezembro de 2012; Início da implementação das
propostas aprovadas: A partir de dezembro de 2012.

Brasília-DF, 2 de outubro de 2012.

GLAUCIUS OLIVA
Presidente do Conselho

3 de outubro de 2012

CONCURSO PÚBLICO PARA OS CARGOS DE ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS E DE TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS DO ESTADO DA BAHIA

CONCURSO PÚBLICO PARA OS CARGOS DE ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS E DE TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS DO ESTADO DA BAHIA O SECRETÁRIO DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA, O SECRETÁRIO DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DA BAHIA E O DIRETOR GERAL DO INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS, no uso de suas atribuições, tornam pública a realização do concurso público para provimento de 179 (cento e setenta e nove) vagas para os cargos de Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos e de Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos do quadro de pessoal da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (SEMA) e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA), na classe inicial, e para formação de cadastro de reserva, em conformidade com a Lei Estadual nº 6.677, de 26 de setembro de 1994, Lei Estadual nº 8.889, de 1º de dezembro de 2003, a Lei Estadual nº 11.051, de 6 de junho de 2008 alterada pela Lei Estadual nº 12.377 de 28 de dezembro de 2011, a Lei Estadual nº 11.064, de 23 de julho de 2008, a Lei Estadual nº 11.376, de 5 de fevereiro de 2009 e a Lei Estadual n° 12.209 de 20 de abril de 2011.


Cargo CARGO 1: ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS
TEMA 1: ORDENAMENTO DE RECURSOS FLORESTAIS
TEMA 2: CONSERVAÇÃO DE BIODIVERSIDADE
TEMA 3: ENGENHARIA E MEIO AMBIENTE
TEMA 4: CIÊNCIAS DA TERRA E MEIO AMBIENTE
TEMA 5: MEIO AMBIENTE E SOCIEDADE
TEMA 6: TEMPO E CLIMA
TEMA 7: GESTÃO AMBIENTAL E DE RECURSOS HÍDRICOS
CARGO 2: TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS


Vagas ANEXO I do Edital de Abertura


Inscrições Taxa: Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos: R$ 140,00 (cento e quarenta reais);
Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos: R$ 60,00 (sessenta reais).
Horário:Será admitida a inscrição somente via Internet solicitada no período entre 10 horas do dia 18 de outubro de 2012 e 23 horas e 59 minutos do dia 8 de novembro de 2012, observado o horário oficial de Brasília/DF.

EDITAL DE PRORROGAÇÃO DE INSCRIÇÕES
SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE-SEMA

INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS – INEMA
PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - PSS EDITAL Nº 01/2012

A Diretora Geral do INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS - INEMA, no uso de suas atribuições legais, RESOLVE:
Prorrogar as Inscrições do Processo Seletivo Simplificado Edital Nº 01/2012 até o dia 01 de novembro de 2012. SALVADOR, 26 de outubro de 2012. Ass.: MÁRCIA CRISTINA TELLES DE ARAÚJO GUEDES - Diretora Geral
Secretaria de Administração da Bahia abre 30 vagas de nível superior
As inscrições podem ser feitas entre os dias 15 de outubro e 5 de novembro
A Secretaria de Administração (SAEB) e a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) abriram concurso para preencher 30 vagas e formar cadastro reserva para o cargo de Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais. Do total de vagas, uma será reservada aos candidatos com deficiência.
As inscrições podem ser realizadas entre os dias 15 de outubro e 5 de novembro no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/saeb_12_sei. A taxa de participação é R$ 130,00.
O cargo está dividido em quatro áreas de atuação: a área de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas exige conclusão de curso superior em Demografia, Economia, Sociologia, Arquitetura e Urbanismo ou Geografia; a área de Geoambiental requer graduação em Biologia, Geologia, Engenharia Sanitária e Ambiental, Geografia, Meteorologia, Engenharia Cartográfica ou Engenharia de Agrimensura; a de Informações Estatísticas exige diploma em Economia, Matemática ou Estatística; e a área de Documentação e Disseminação de Informações requer formação superior em Ciência da Computação, Processamento de Dados, Administração, Biblioteconomia, Comunicação Social ou Sistemas de Informação.
A remuneração oferecida é composta pelo vencimento básico de R$ 2.149,13, acrescido de Gratificação da Atividade de Pesquisa Aplicada (GPA) no valor de 100%, alcançando a remuneração final de R$ 4.298,26. Além disso, poderão ser acrescidos o auxílio transporte e a gratificação de incentivo à pós-graduação, no percentual de 20% para mestres e 25% para doutores. Os valores correspondem a uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.
PROVAS – Os candidatos passarão por provas objetivas, prova discursiva e avaliação de títulos. Todas as fases serão realizadas na cidade de Salvador (BA). As provas objetivas e a prova discursiva estão previstas para 16 de dezembro.
SERVIÇOConcurso: Secretaria de Administração da Bahia e Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia
Cargo: Especialista em Produção de Informações Econômicas, Sociais e Geoambientais
Vagas: 30 e formação de cadastro reserva
Inscrições: entre os dias 15 de outubro e 5 de novembro
Taxas de inscrição: R$ 130,00
Remuneração: R$ 4.298,26
Provas objetivas e prova discursiva: 16 de dezembro
CONTATOOutras informações no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/saeb_12_sei ou na Central de Atendimento do Cespe/UnB, de segunda a sexta, das 8h às 19h – Campus Universitário Darcy Ribeiro, Edifício Sede do Cespe/UnB – pelo telefone (61) 3448 0100.

Cursos de "Manejo de Reservatórios"

Cursos de "Manejo de Reservatórios" / Brasília; Salvador e Porto Alegre

O objetivo desses cursos é capacitar quanto às possibilidades de manejo em reservatórios e açudes de forma a garantir que a qualidade da água seja propícia e garanta seus usos múltiplos, uso racional, manejo integrado e a participação no gerenciamento de recursos hídricos. Com carga horária de 32 horas, entre aulas teóricas e práticas, cada curso oferecerá 30 vagas. O curso e os materiais didáticos são gratuitos. Os cursos são abertos a todos os interessados e o público prioritário para esta capacitação é composto por técnicos e profissionais de órgãos gestores de recursos hídricos e de entidades que atuam na implementação da Política Nacional de Segurança de Barragens, além de representantes de outras instituições do SINGREH com interesse em se aperfeiçoar no tema. Os cursos serão ministrados por renomado profissional da área. Agenda: Brasília-DF, de 22 a 28 de outubro; Salvador-BA, de 20 a 23 de novembro; e Porto Alegre-RS, de 10 a 13 de dezembro. INSCRIÇÕES ABERTAS!!!
Para se inscrever clique aqui
 
http://capacitacao.ana.gov.br/Paginas/curso-detalhe.aspx?id=77

SAI A SEGUNDA EDIÇÃO DA REVISTA BRASILEIRA DE ESPELEOLOGIA

A segunda edição da Revista Brasileira de Espeleologia (RBEsp), editada pelo Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Cavernas (CECAV/ICMBio) do Instituto Chico Mendes, já está disponível no formato digital. Com a finalidade de promover a difusão de pesquisas e estudos em espeleologia e áreas variadas, voltadas à conservação e uso sustentável do Patrimônio Espeleológico Brasileiro, a revista usa a tecnologia do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) e a publicação está aberta para a contribuição dos interessados.
Com a revista, o CECAV/ICMBio cumpre a primeira meta inicial do Componente 5 do Programa Nacional de Conservação do Patrimônio Espeleológico (Portaria nº 358/09-MMA), que trata da divulgação sobre o Patrimônio Espeleológico e objetiva comunicar para os setores interessados informações, com a participação da sociedade, comunidade científica, povos indígenas, quilombolas e outras comunidades locais, no respeito à conservação do Patrimônio Espeleológico. A publicação é aberta para a contribuição dos interessados ou das pessoas que estejam desenvolvendo projetos acadêmicos, científicos ou gerenciais relacionados ao Patrimônio Espeleológico, obedecendo os critérios metodológicos técnicos ou científicos aceitos como legitimadores dos resultados ou dos produtos.
Para acessar a Revista Brasileira de Espeleologia (RBEsp), clique aqui.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

Aquecimento global pode diminuir tamanho dos peixes, diz estudo

VEJA
Ciência
30 de Setembro de 2012
Vida marinha

Aquecimento global pode diminuir tamanho dos peixes, diz estudo

Aumento da temperatura causaria a diminuição da quantidade de oxigênio disponível para os peixes, que passariam a crescer menos

O peso dos peixes pode diminuir de 14% a 24% entre 2001 e 2050, o equivalente à perda de 10 a 18Kg em um homem de 77kg O peso dos peixes pode diminuir de 14% a 24% entre 2001 e 2050, o equivalente à perda de 10 a 18Kg em um homem de 77kg (Alexander Klein/AFP)

O aquecimento global não está modificando apenas a temperatura e a quantidade de oxigênio dos oceanos, mas também pode afetar consideravelmente o tamanho dos peixes, alertou um estudo publicado na edição desta semana da Nature Climate Change. De acordo com os autores, o peso máximo médio dos peixes analisados, considerando projeções de aumento de temperatura nos mares para as próximas décadas, pode diminuir de 14% a 24% entre 2000 e 2050.

CONHEÇA A PESQUISA

Título original:
Shrinking of fishes exacerbates impacts of global ocean changes on marine ecosystems

Onde foi divulgada:
revista Nature Climate Change

Quem fez:
 William W. L. Cheung, Jorge L. Sarmiento, John Dunne, Thomas L. Frölicher, Vicky W. Y. Lam, M. L. Deng Palomares, Reg Watson e Daniel Pauly

Instituição: 
Universidade de Columbia Britânica, Canadá

Dados de amostragem:
 modelos do impacto do aquecimento global em mais de 600 espécies de peixes

Resultado:
 Um oceano mais quente e com menos oxigênio fará com que os grandes peixes deixem de crescer.
Um dos elementos chave do tamanho dos peixes e invertebrados marinhos é sua necessidade energética: quando seu entorno já não é capaz de proporcionar esta energia para satisfazer suas necessidades, os peixes param de crescer - e a quantidade de oxigênio na água é para os peixes uma fonte de energia.
"Obter oxigênio suficiente para crescer é um desafio constante para os peixes e, quanto maior o peixe, pior", disse Daniel Pauly, biólogo do Centro de Pesca da Universidade da Columbia Britânica em Vancouver, no Canadá. "Um oceano mais quente e com menos oxigênio, como se prevê com o aquecimento global, será mais complicado para os peixes grandes, o que significa que logo deixarão de crescer", acrescentou.
Pauly e seus colegas buscaram criar modelos do impacto do aquecimento global em mais de 600 espécies de peixes a partir de dois cenários climáticos comumente aceitos pelos especialistas para o período 2000-2050. Um dos modelos usados pelos cientistas, por exemplo, calcula um aumento global na temperatura atmosférica de 3,4ºC em 2100, comparado a 2000.

Em tal cenário, no fundo dos oceanos Pacífico, Atlântico, Índico e Antártico e Ártico, a temperatura pode aumentar 0,029; 0,012; 0,017; 0,038 e 0,037ºC, respectivamente, por década, até 2050. Isso significa uma redução do oxigênio presente nos oceanos. "Embora as alterações de temperatura e de oxigênio pareçam pequenas, suas consequências para o tamanho dos peixes é surpreendentemente grande", alerta o estudo. 
O Oceano Índico será o mais afetado (24% na redução do peso máximo médio dos peixes e invertebrados marinhos), seguido do Atlântico (20%) e do Pacífico (14%). "Este estudo indica que, se as emissões de gases do efeito estufa não forem reduzidas, as consequências serão maiores que o previsto nos ecossistemas marinhos", alertaram os pesquisadores. "Outros impactos das atividades humanas, como a pesca excessiva e a contaminação, podem agravar o problema", acrescentaram.
(Com Agência France Presse)

Brasil não tem acordo sobre metas de conservação de biomas

Exame

Brasil não tem acordo sobre metas de conservação de biomas

A delegação brasileira não conseguiu consenso em pontos que devem ter destaque nos debates

Carolina Gonçalves, da
Brasília – Representantes brasileiros não conseguiram acordo em pelo menos duas das 20 Metas de Aichi – diretrizes criadas em 2010 para garantir a conservação da biodiversidade do planeta. Entre os dias 8 e 19 de outubro, o Brasil e mais de 190 países vão apresentar, durante a 11ª Conferência das Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica, a COP-11, em Hyderabad, na Índia, como estão incorporando estas orientações criadas na última convenção, que ocorreu em Nagóia, no Japão.
Especialistas apostam que o Brasil se destacará no encontro da próxima semana, com resultados mais avançados na adoção e nos debates sobre as metas adotadas pelo governo e setor privado. Mas a delegação brasileira não conseguiu consenso em pontos que devem ter destaque nos debates, como, por exemplo, a definição sobre o percentual mínimo de unidades de conservação que deve ser implantada em cada bioma do país.
A ampliação do sistema de áreas protegidas no mundo deve ser um dos principais debates entre os países signatários do acordo. Pelo documento de Aichi, 17% das áreas terrestres e de águas continentais e 10% das áreas marinhas e costeiras terão de estar protegidas por sistemas de proteção até 2020.
O relatório do Departamento de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente, apresentado na última reunião da Comissão Nacional da Biodiversidade (Conabio), na semana passada, apontou que o país tem, hoje, 16,8% da área terrestre conservada. Mas a proteção da área marinha não ultrapassa 1,5% do total.
“Teríamos que fazer esforço muito grande para aumentar a área preservada em áreas marinhas. O que mais gera divergência é o que é considerado unidade de conservação”, disse Daniela Suarez Oliveira, diretora do Departamento de Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente.

Uma das questões ainda sem solução é a abrangência das unidades de conservação divulgadas pelo governo federal. Atualmente, a lista incorpora as unidades estaduais e federais, mas o setor produtivo agrícola pede a inclusão das áreas de preservação permanente (APPs) e reservas legais. “Achamos que é coerente porque tem conservação. Mas existem dúvidas. Com o código [Floretal] estas APPs e reserva legal vão poder produzir espécies exóticas”, explicou Daniela Oliveira.
Mesmo diante das indefinições, o Brasil é um dos poucos países que dispõe de um Sistema Nacional de Unidades de Conservação. Algumas nações sequer debatem a questão.
Os pontos nos quais o governo brasileiro conseguiu avançar foram resultados de debates abertos promovidos no último ano, com universidades, empresas, pesquisadores e ambientalistas. O Brasil adotou duas frentes de debate: uma delas em consultas públicas sobre as metas de Aichi e outra em encontros com representantes de vários segmentos da sociedade, como governos estaduais, organizações não governamentais, povos indígenas e comunidades tradicionais, entitulado Diálogos sobre Biodiversidade: construindo a estratégia brasileira para 2020.
Nestes debates ficaram indefinidas as estratégias necessárias para cumprir a primeira meta de Aichi, que estabelece que até 2020, as pessoas tenham mais conhecimento dos valores da biodiversidade e das medidas que poderão tomar para conservá-la e utilizá-la de forma sustentável.
“Mas como vamos fazer? Tem consenso sobre esta meta, mas não sobre como viabilizá-la. Em um país como o Brasil será que vamos conseguir que todos saibam [o que é a biodiversidade]?, pergunta Daniela Oliveira.
Exame

Fundações apoiam pesquisa ecológica de longa duração

CNPq, Fapesp, FAPs e Secretarias Estaduais de Ciência e Tecnologia lançam chamada para selecionar pesquisas que poderão ser realizadas em até 42 meses

São Paulo - O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), a Fapesp e demais Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (FAPs) ou Secretarias Estaduais de Ciência e Tecnologia (SECTs) lançam chamada para apoiar a manutenção e o aperfeiçoamento de rede de sítios de pesquisa onde são coletados dados sobre a composição e a dinâmica dos ecossistemas definida no Programa Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD).
As propostas podem ser enviadas ao CNPq até o dia 31 de outubro pela Plataforma Carlos Chagas no portal do CNPq.
O proponente deve ter o título de doutor e o projeto deve estar enquadrado como pesquisa científica, tecnológica ou inovação. Os projetos terão o valor máximo de financiamento de R$ 600 mil para despesas com custeio, capital e bolsas.
Serão investidos nas propostas aprovadas até R$ 6,9 milhões (R$ 6 milhões do CNPq e R$ 900 mil do MCTI), que serão somados aos recursos estaduais a serem aportados pelas FAPs/SECTs.
A Pesquisa Ecológica de Longa Duração envolve a atuação integrada de equipes multidisciplinares em sítios de referência onde são coletados dados em longas séries históricas, abrangendo temas como a composição e a dinâmica dos ecossistemas, particularmente diante das intensas perturbações a que estão sujeitos, sejam essas de origem natural e/ou antrópica.
Além da pesquisa científica propriamente dita, a proposta deve prever um componente de transferência do conhecimento à sociedade, como possível subsídio à tomada de decisão na área de gestão ambiental.
Para a execução dos projetos de pesquisa também serão concedidas bolsas do CNPq nas modalidades Apoio Técnico em Extensão no País (ATP), Desenvolvimento Tecnológico e Industrial (DTI) e Iniciação ao Extensionismo (IEX).
As propostas a serem apoiadas na chamada deverão ter seu prazo de execução estabelecido em 42 meses. Excepcionalmente, mediante apresentação de justificativa, o prazo de execução dos projetos poderá ser prorrogado.

Policiais Rodoviários apreendem 105 pássaros silvestres em Conquista

Publicada em 02/10/2012 15:46:58
Foto: DPRF
A apreensão ocorreu durante fiscalização no Km 826 da BR 116, área do perímetro urbano da cidade, nesta terça-feira (2/10).
Ao abordar um homem de 79 anos que transportava quatro gaiolas, os PRFs constataram que o suspeito transportava ao todo 105 pássaros da espécie paroaria dominicana, mais conhecido como Galo de Campina (Cardeal).
As aves e foram encaminhados ao Ibama/Cetas de Vitória da Conquista.
Com esta apreensão sobe para 495 animais silvestres apreendidos pela PRF na Bahia.
Na região de Vitória da Conquista a última apreensão ocorreu no dia 16 de julho, quando, após denúncia, foi resgatado bastante debilitado um macaco da espécie bugio que fora abandonado às margens da rodovia.
Interesse pela conferência estadual do meio ambiente supera as expectativas

 A 13 dias do início da 3ª Conferência Estadual do Meio Ambiente (Cema), as vagas para participação no evento, como observador, já estão quase todas preenchidas. As inscrições ainda podem ser feitas no site (www.conferenciaestadualdomeioambiente.ba.gov.br). Sob a coordenação da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, o encontro será realizado, no Centro de Convenções da Bahia, entre os dias 15 e 17 de outubro, com o tema central Integração das Políticas do Meio Ambiente e Recursos Hídricos.


“A procura pela inscrição vem superando nossas expectativas, que é de 1,2 mil pessoas, durante os três dias do evento. O que demonstra que o interesse pela questão ambiental vem aumentando”, ressalta a coordenadora do evento, Mariana Mascarenhas. Ela lembra que os delegados eleitos na etapa municipal e validados na etapa territorial já estão sendo contactados pela equipe de organização da Conferência para confirmarem a participação, uma vez que já estão inscritos no sistema.


De acordo com Mascarenhas, os temas que estarão em discussão foram escolhidos, a partir do Plano Estadual de Meio Ambiente (Pema) e das discussões participativas realizadas pelo Governo, nos últimos anos, quando foram colhidas as demandas de todos os segmentos da sociedade. Mascarenhas lembra também que a 3ª. Cema está alinhada com a Conferência Nacional, que será realizada no próximo ano, cuja abordagem principal será a implementação da Política Nacional de Resíduos Sólidos.



Fonte: Ascom/Sema
A Escola de  Nutrição da UFBA, o Conselho Regional de Nutrição-5, o CECANE, o Centro Academico de Nutrição e o AgroredeUFBA convidam para participarem do I Seminário PRODUÇÃO, SEGURANÇA E QUALIDADE DOS ALIMENTOS: DA PRODUÇÃO À MESA a acontecer na Bilbioteca Universitária de Saúde – Canela (atrás Hospital Universitário), no dia 05 de outubro de 2012
Estado publica hoje três editais para 2.209 vagas de níveis superior e médio
Mais 2.209 vagas no serviço público estadual serão oferecidas com a publicação de três editais no Diário Oficial do Estado de hoje. Os aprovados nos concursos públicos irão atuar nas secretarias do Meio Ambiente (Sema), do Planejamento (Seplan) e da Segurança Pública (SSP). Até o final do ano, está prevista a publicação de outro edital, com a oferta de mais 600 vagas em cargos da Polícia Civil. Desde 2007, foram contratados pelo Estado 26.730 servidores, com prioridade para as áreas diretamente voltadas ao desenvolvimento das políticas públicas de saúde, segurança e educação

PARA BIÓLOGO
EDITAL SEMA/INEMA prova em jan/13
EDITAL SEPLAN  prova em dezembro/12


ACESSEM:  
http://www.egba.ba.gov.br/diario/_DODia/DO_frm0.html

CONCURSO SEMA/INEMA 2012

Diário Oficial Bahia
quarta-FEIRA 3 de OUTUBRO

Ano XCvii  N° 20.965 República Federativa do Brasil n Estado da Bahia Especial



SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO
GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA
SECRETARIA DA ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA
SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE DO ESTADO DA BAHIA
INSTITUTO DO MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS
CONCURSO PÚBLICO PARA OS CARGOS DE ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS E DE TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS DO ESTADO DA BAHIA EDITAL DE ABERTURA DE INSCRIÇÕES – SAEB/03/2012, DE 02 DE OUTUBRO DE 2012

validade do concurso 2 anos


CARGO 1: ESPECIALISTA EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS
taxa inscrição: 140,00
REMUNERAÇÃO: a remuneração é constituída pelo vencimento básico de R$ 2.347,89 (dois mil trezentos e quarenta e sete reais e oitenta e nove centavos), acrescido de gratificação no valor de R$ 2.700,07 (dois mil e setecentos reais e sete centavos), totalizando R$ 5.047,96 (cinco mil e quarenta e sete reais e noventa e seis centavos), com valores correspondentes à jornada de trabalho de 40 (quarenta) horas semanais. Poderá ser acrescido à remuneração Adicional de Insalubridade nos termos da legislação especifica. O auxílio transporte será fornecido na forma da legislação pertinente.

JORNADA DE TRABALHO: 40 (quarenta) horas semanais.


CARGO 2: TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE E RECURSOS HÍDRICOS
taxa inscrição: 60,00
REMUNERAÇÃO: a remuneração é constituída pelo vencimento básico de R$ 735,43 (setecentos
e trinta e cinco reais e quarenta e três centavos), acrescido de gratificação no valor de R$
625,12 (seiscentos e vinte e cinco reais e doze centavos), totalizando R$ 1.360,55 (mil trezentos
e sessenta reais e cinqüenta e cinco centavos), com valores correspondentes à jornada de
trabalho de 40 (quarenta) horas semanais.Poderá ser acrescido à remuneração Adicional de
Insalubridade nos termos da legislação especifica. O auxílio transporte será fornecido na forma
da legislação pertinente.
JORNADA DE TRABALHO: 40 (quarenta) horas semanais.



CRONOGRAMA PROVISÓRIO DO CONCURSO
Período de inscrições Das 10h de 18/10,2012 às 23h59 de 8/11/2012
 

Prazo para entrego dos laudos a que se referem os subitens 5.2 e 6.4.9 deste edital Até o dia 8/11/2012
 

Prazo para pagamento da taxa de inscrição Até o dia 9/11/2012
 

 Divulgação dos locais e do horário das provas objetivas e da prova discursiva e das listagens de atendimento especial e de candidatos para concorrer como candidatos com defi ciência deferidos 27/12/2012
 

Aplicação das provas objetivas e da prova discursiva (todos os cargos) 6/1/2013
 

Divulgação dos gabaritos ofi ciais preliminares das provas objetivas (todos os cargos) 8/1/2013
 

Prazo para entrega de recursos contra os gabaritos ofi ciais preliminares da provas objetivas (todos
os cargos) 9 e 10/1/2013
 

Resultado final nas provas objetivas e resultado provisório na prova discursiva (todos os cargos) 6/2/2013
 

Prazo para entrega de recursos do resultado provisório na prova discursiva (todos os cargos) 7 e 8/2/2013
 

Resultado fi nal na prova discursiva (todos os cargos) e convocação para a entrega da documentação para a avaliação de títulos (Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) 7/3/2013
 

Período para a entrega da documentação para a avaliação de títulos (Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) 11 e 12/3/2013
 

Resultado provisório da avaliação de títulos (Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) 3/4/2013
 

Prazo de recursos contra o resultado provisório na avaliação de títulos (Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) 4 e 5/4/2013
 

Resultado fi nal da avaliação de títulos (Especialista em Meio Ambiente e Recursos Hídricos) e
convocação para a perícia médica dos candidatos que se declararem com defi ciência (todos os
cargos) 24/4/2013
 

Aplicação da perícia médica dos candidatos que se declararem com defi ciência (todos os cargos) 13 a 24/05/2013 

Resultado provisório na perícia médica dos candidatos que se declararem com defi ciência (todos os cargos) 07/06/2013
 

Prazo dos recursos contra o resultado provisório na perícia médica dos candidatos que se declararem com defi ciência (todos os cargos) 10 e 11/06/2013
 

Resultado fi nal na perícia médica dos candidatos que se declararem com defi ciência, resultado fi nal e homologação do concurso (todos os cargos) 28/06/2013


PARA MAIORES INFORMAÇÕES ACESSE:
http://www.egba.ba.gov.br/diario/_DODia/DO_frm0.html
 OU SITE DA CESPE


Inscrições para concurso da Sema/Inema são prorrogadas

Cargos têm remuneração inicial de R$ 5.047,96 (especialista) e R$ 1.360,55 (técnico)

07.11.2012 | Atualizado em 07.11.2012 - 19:20

Da Redação

As inscrições para o concurso público da Secretaria do Meio Ambiente e do Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Sema/Inema), realizado pela Secretaria da Administração (Saeb), foram prorrogadas até o dia 16 de novembro (sexta-feira).

O concurso oferece 179 vagas para os cargos de Especialista e Técnico em Meio Ambiente e Recursos Hídricos, sendo 139 para nível superior e 40 para nível médio. A taxa é no valor de R$ 140 (superior) e R$ 60 (médio).

Com 40 horas de trabalho semanais, os cargos têm remuneração inicial de R$ 5.047,96 (especialista) e R$ 1.360,55 (técnico). De acordo com o cronograma provisório do certame, as provas objetiva e discursiva devem ser aplicadas em janeiro de 2013.

As inscrições devem ser feitas pelo no site do Centro de Seleção e de Promoção de Eventos - Cespe/UnB (www.cespe.unb.br), empresa organizadora do concurso, obedecendo o horário de Brasília. A portaria, com a alteração da data final de inscrição, será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (8).

O conteúdo programático está disponível no edital de abertura das inscrições, publicado no DOE do dia 3 de outubro. Além do concurso da Sema/Inema, o Estado está com inscrições abertas para os certames da Polícia Militar e da Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI). Ao todo, os três concursos totalizam 2.209 novas vagas para ingresso na administração pública estadual.

2 de outubro de 2012

UESC

Curso Métodos Modernos de Visualização de Células e Antígenos – Criotécnicas
Inscrições Abertas até 11/10

Mestrado em Sistemas Aquáticos Tropicais
Seleção para a Turma 2013 - De 15/10 a 14/12

Pós-Graduação em Genética e Biologia Molecular
Inscrições para a Turma 2013 até 29/10 - Retificação

Ecologia e Conservação da Biodiversidade - Retificação
Seleção para a Turma 2013 - Inscrições até 09/11

Mestrado em Botânica
Inscrições Abertas até 16/11

Mestrado em Ciência Animal - Turma 2013/1
Seleção de Candidatos - Inscrições até 20/11

Equipe de paleontologia da UFRB retira fósseis de animais em cidade baiana | Imprimir |
26/09/12 15:52 - Atualizado em 26/09/12 16:25 - 507 acessos
Uma equipe de paleontologia da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) esteve na localidade de Lagoa Escura, no município de Santaluz, no domingo (23), e coletaram ossos de mastodontes, cavalos extintos, e gliptodonte, um tipo de primo gigante do tatu. De acordo com a doutora em paleontologia da UFRB, Carolina Scherer, a equipe foi acionada pelos moradores que encontraram as ossadas de animais pré-históricos no dia 5 de setembro.

Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias)Foto: Raimundo Mascarenhas/Calila Notícias)"Fomos chamados por moradores e conseguimos coletar muitos materiais, inclusive recebemos materiais colhidos anteriormente pelos moradores. Como o terreno é da União, é proibído por lei que esse tipo de material histórico encontrado no local fique em mãos da sociedade civil. É preciso entregar para uma instituição pública", informou a pesquisadora. "Nessa visita, nós retiramos principalmente a parte do casco de um gliptodonte, que é parente dos tatus e já está extinto. Levamos parte do casco e da cintura pélvica [bacia]", explicou.

Megafauna
Scherer ressaltou a importância do sítio do ponto de vista científico. "Há cerca de um milhão a 10 mil anos, essa localidade abrigava animais da 'megafauna', que eram de grande porte. Alguns tatus, por exemplo, eram do tamanho de um carro pequeno. Conseguimos recolher outros materiais, que ainda não foram identificados", disse.

Segundo explica, o local abrigava uma lagoa, que era usada para hidratação dos animais e, atualmente, da população. "A Lagoa Escura era uma lagoa mesmo, e os animais chegavam na localidade para beber água. Os animais que encontramos podem ter morrido tentando beber água ou antes de chegar na lagoa. Atualmente, quando chove, a lagoa fica inundada, mas, com a seca e a necessidade de achar água, os moradores cavaram em busca de um olho d'água, mas encontraram a ossada", completou sobre a descoberta.

Fonte: G1- Bahia
 




II RECONCITEC - Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia

Os campi da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) serão palco da II Reunião Anual de Ciência, Tecnologia, Inovação e Cultura no Recôncavo da Bahia, RECONCITEC, entre os dias 17 e 19 de outubro. O evento busca promover o desenvolvimento científico e tecnológico da região através de debates e da difusão de conhecimento.

A edição de 2012 terá como tema “Energias Renováveis, Educação, Tecnologia e Sociedade”. O primeiro dia da RECONCITEC, 17, ocorrerá no campus de Cruz das Almas e contará com palestras e apresentações de trabalhos nas formas orais e pôsteres. Já no segundo e terceiro dias, 18 e 19, mini-cursos, palestras, exposições científicas e tecnológicas serão realizados em todos os campi da UFRB, a saber, Amargosa, Cachoeira, Cruz das Almas e Santo Antônio de Jesus. Atividades culturais também marcam todos os dias do evento.

Realizado pela UFRB, a RECONCITEC tem apoio da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Faculdade Maria Milza (FAMAM) e Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola (EBDA). Estudantes, professores e pesquisadores são o público-alvo do evento.

Inscrições: www.ufrb.edu.br/reconcitec/