11 de agosto de 2012


Ministério Público do Estado da Bahia
Assessoria de Comunicação Social        Classificação da Notícia: Meio Ambiente

08/08/2012 18:27:30
Redatora: Aline D'Eça (MTb-BA 2594)
Gestão e ordenamento do Lago de Sobradinho
são discutidos durante seminário

O Ministério Público da Bahia, através do Núcleo de Defesa da Bacia do São Francisco (Nusf), promoveu nos dias 7 e 8/08/12, no Memorial da Chesf, no município baiano de Sobradinho, o ‘Seminário Territorial Sobre o Ordenamento e Gestão do Lago de Sobradinho’, em conjunto com o Território do Sertão do São Francisco, o Conselho Pastoral de Pescadores (CPP) e o Instituto Regional da Pequena Agropecuária Apropriada (IRPAA). O objetivo do encontro foi reunir diversos órgãos públicos das esferas federal, estadual e municipal, ONGs, sindicatos e a sociedade civil da região para discutir os impactos decorrentes do uso das águas e terras do Lago de Sobradinho e outros assuntos relacionados. Segundo a coordenadora do Nusf, promotora de Justiça Luciana Khoury, o que se buscou foi construir um planejamento comum de ações integradas do Poder Público e da sociedade civil para o enfrentamento do cenário de degradação do lago.

“O encontro foi de grande importância para criar diretrizes e compromissos comuns na busca de soluções para os problemas históricos do Lago do Sobradinho”, afirmou a promotora de Justiça, que apresentou, durante o encontro, o levantamento dos dados dos danos ambientais identificados durante Fiscalização Preventiva Integrada (FPI) realizada na região no último mês de julho. Durante o seminário, houve apresentações de representantes do Território do São Francisco, do IRPAA, do CPP, da Comissão Pastoral da Terra, da Secretaria de Meio Ambiente (Sema), da Área de Proteção Ambiental de Sobradinho, da Bahiapesca, da Embrapa, dentre outros, que apresentaram projetos e ações de revitalização para o Lago do Sobradinho.

 
          
Ministério Público do Estado da Bahia
www.mp.ba.gov.br

Seguidores