28 de março de 2014

Florestas de cacau preservam o maior jequitibá do Brasil

Florestas de cacau preservam o maior jequitibá do Brasil

ALEXANDRE MANSUR

Adriano Oliveira, técnico do Instituto Cabruca, mede o maior jequitibá do Brasil (Foto: Nelson Moraes )
 
O maior jequitibá do Brasil foi descoberto dentro de uma área de produção de cacau no sul da Bahia. A árvore tem 48 metros de altura e 4,35 metros de diâmetro. Foi encontrado por Rodrigo Barreto, proprietário da Fazenda Monte Florido, no município de Camacã. O título de maior jequitibá do país pertencia até então a uma árvore no Parque Estadual de Vassununga, em Santa Rita do Passa Quatro (SP), com 40 metros de altura e 4m de diâmetro.

A presença do maior jequitibá do país numa área de cacau é mais uma evidência de como é bom para o meio ambiente o sistema de produção da região. Os pés de cacau crescem à sombra da Mata Atlântica, numa convivência harmônica. O sistema, batizado de cabruca, ajuda a proteger espécies nativas de árvores e de animais ameaçados, como o mico-leão da cara dourada.

A árvore foi descoberta na 1ª Edição do Concurso Maiores Árvores da Região Sul da Bahia, promovido pelo Instituto Cabruca, que visa promover o cacau da região e a conservação ambiental. Pelo achado, Barreto receberá o prêmio de R$ 20.000 para investir na estrutura para receber turistas interessados em visitar a árvore gigante.

Seguidores