27 de agosto de 2013

Estudo de EIA/Rima da Bacia Camamu-Almada está na biblioteca da UESC


Uma área a ser protegida

Crédito: Arquivo


Está disponível aos interessados, até o mês de setembro, na Biblioteca da UESC - Universidade Estadual de Santa Cruz o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental (EIA/Rima) de perfuração marítima da Bacia Camamu-Almada.
O documento, com os arquivos digitais, está disponibilizado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que vem conduzindo o processo de licenciamento ambiental das atividades de perfuração exploratória dos blocos BM-CAL-11 e BM-CAL-12, pleiteado por consórcio de empresas tendo como operadora a Petrobrás.
Conforme explicou o coordenador-Geral de Petróleo e Gás do Ibama, Cristiano Vilardo Nunes Guimarães, "a análise ambiental do EIA/Rima será necessária para subsidiar a concessão da licença ambiental aplicável à atividade e com a finalidade de garantir a ampla participação dos interessados  no processo de licenciamento ambiental, será aberto o prazo para a solicitação de Audiência Pública, cujo edital será divulgado posteriormente."
 Após as análises dos documentos, os comentários podem ser encaminhados à CGPEG/IBAMA, no prazo máximo de 45 dias úteis, a contar do dia 23 de agosto de 2013.

Seguidores