26 de agosto de 2013

Catadores da Bahia na 4ª CNMA
22.08.2013 - Elaborar as propostas de deliberações sobre a Política Nacional de Resíduos Sólidos, e eleger delegados titulares e suplentes para representar o segmento na 4ª Conferencia Nacional de Resíduos Sólidos. Com esta proposta, representantes de redes de cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis e reutilizáveis da Bahia, as secretarias estaduais do Meio Ambiente (Sema), Desenvolvimento Urbano (Sedur), do Trabalho, Emprego e Renda (Setre) e Relações Institucionais (Serin) estiveram reunidos na última quarta-feira (21), no Hotel Sol Bahia, em Salvador.
A coordenadora executiva dos Colegiados Ambientais da Secex (Sema), Mariana Mascarenhas, explicou que o encontro é uma resposta a demanda da categoria durante a 3ª Conferência Estadual de Meio Ambiente, realizada em outubro de 2012. No encontro, ficou acordado que seis vagas de delegados das 60 que a Bahia levará a 4ºª CNMA seriam reservadas para catadores. A definição foi que seriam eleitos seis delegados titulares e seis suplentes em encontro especifico.
De acordo com o secretário Estadual do Meio Ambiente, Eugênio Spengler, a garantia de participação da categoria na etapa nacional, que acontecerá em outubro, em Brasília, significa o reconhecimento do Governo da Bahia sobre a importância desses agentes socioambientais no processo de construção de políticas públicas para os resíduos sólidos. “A solução do gerenciamento dos resíduos sólidos perpassa pela lógica do consumo racional e produção mais sustentável”, disse Spengler.
O secretário destacou também, a necessidade de investimento nos consórcios que, segundo ele, é a forma mais viável e barata para as prefeituras no tratamento dos resíduos sólidos. “Em vez de cada município ter um centro de triagem e, aterro sanitário, por meio dos consórcios é possível concentrar, num mesmo centro de triagem, a produção de vários municípios”, pontuou, informando ainda, que a Bahia tem esta proposta, e que vem sendo desenvolvida através da Sedur.
O representante do Complexo Cooperativo de Materiais Recicláveis da Bahia (CCRB), Joilson Santana, disse que o encontro serve para a categoria colocar seus anseios e perspectivas referentes à atividade. “Esse momento é importante para definirmos as propostas, eleger nossos representantes, e dedicar esse tempo para colocarmos em pauta outros debates da nossa classe”, destacou.
Para o representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, João Paulo de Jesus, a ação da Sema  de proporcionar este momento é louvável, e, busca reunir um número significativo de catadores do Estado com o intuito de compartilhar questões comuns do dia  a –dia, buscando o fortalecimento, e melhoria das condições de trabalho.
Definições do encontro - De acordo com a coordenadora da Secex da Sema, Mariana Mascarenhas, foram eleitos os seis delegados para a etapa nacional. Desta quantidade, duas serão destinadas para cooperativas e associações da Região Metropolitana de Salvador, outra vaga destinada aos sete representantes que participaram da plenária da 3ªº Conferência Estadual, além de uma dedicada a grupos em processo de organização formal. Por fim, duas vagas restantes serão preenchidas por representantes de outros Territórios de Identidade da Bahia.
Com relação às contribuições, foram construídas propostas sobre os eixos temáticos de produção e consumo sustentável, geração de emprego, trabalho e renda e educação ambiental relacionados à Política Nacional de Resíduos Sólidos, que serão sistematizadas e apresentadas aos delegados e suplentes eleitos para a etapa nacional.
Fonte: Ascom/Sema

Seguidores