26 de dezembro de 2013

Abrolhos realiza segunda campanha de monitoramento de 2013

DSC02271.jpeg Foi realizada a segunda etapa da campanha de 2013 do Programa de Monitoramento Recifal do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) no Parque Nacional Marinho dos Abrolhos. Este monitoramento acontece na unidade de conservação federal localizada no estado da Bahia desde 2002 e usa a metodologia internacional para monitoramento da saúde de ambientes recifais chamada Reef Check, adaptada para o Brasil por pesquisadores e voluntários do Instituto Recife Costeiros (Ircos) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE).

A expedição foi realizada na embarcação Zeus e a equipe foi formada pelo chefe do parque, Ricardo Jerozolimski; Fábio Negrão, da Secretaria de Meio Ambiente de Caravelas e coordenador de campo da expedição; Bernadete Barbosa, monitora ambiental e instrutora Reef Check; e Erik Comin, do Projeto Mantas do Brasil. A equipe contou com o apoio do dive-master Augusto Serafim; dos voluntários Letícia Magalhães Fernandes e Marlon de Moraes, da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) e do Projeto Lage Viva, respectivamnte; e de Flávio Bocarde, do ICMBio.

O grupo também recebeu apoio do Centro de Pesquisa e Gestão de Recursos Pesqueiros do Litoral Nordeste (Cepene/ICMBio), da Coordenação de Monitoramento da Conservação da Biodiversidade (Comob/ICMBio), da UFPE, do Ircos e do Projeto Coral Vivo.

Reef Check Brasil – É o programa internacional de monitoramento dos recifes de coral, e no Brasil tem como principal objetivo acompanhar o estado de conservação dos recifes em diferentes regiões ao longo dos anos e ajudar na gestão das áreas marinhas protegidas.

Leia matéria relacionada ao Parna: Parque Marinho dos Abrolhos vira série de reportagens.

Comunicação ICMBio
(61) 3341-9280

Seguidores