29 de julho de 2013

Com o intuito de debater alternativas para o controle de pragas nas lavouras, ocorrerá no dia 30 de julho, em Luis Eduardo Magalhães, oeste da Bahia, o Seminário Brasileiro sobre Helicoverpa. Durante o evento, será lançado por representantes do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) o Programa Nacional de Manejo das lagartas de grãos e da Mosca Branca.

O Programa tem como objetivo proteger as lavouras de ataques das pragas, como ocorreu em março deste ano, especialmente nas culturas de algodão, soja e milho na Bahia. Devido ao prejuízo de mais de R$ 1,4 bilhão, causado pela lagarta Helicoverpa armigera, o Mapa declarou, por meio de portaria, emergência fitossanitária no País.

O Grupo de Gerenciamento Situacional, criado para propor e articular ações emergenciais para o combate da praga, autorizou a importação e o registro da substância Benzoato de Emamectina para quebrar o ciclo biológico da praga, diminuindo assim a pressão populacional para, em seguida, iniciar manejo integrado.
Além disso, outros cinco inseticidas foram registrados em caráter emergencial para o controle da lagarta, dois biológicos (Vírus VPN-HzSNPV e Bacillus Thuringiensis) e três químicos (Clorantraniliprole, Clorfenapyr e Indoxacarbe).

Segundo o diretor do Departamento de Sanidade Vegetal (DSV), Cósam Coutinho, a intenção do ministério é proteger o produtor de forma permanente, não só da Helicoverpa como de outras pragas como a Mosca Branca. “Já solicitamos a todos os estados um levantamento a fim de mapearmos a ação da Helicoverpa no Brasil. Estamos estudando também a utilização e a liberação de organismos geneticamente modificados, que são resistentes à praga”, explicou.

O Seminário Brasileiro sobre Helicoverpa está sendo organizado pela Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa), Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa), Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e Associação de Irrigantes da Bahia (Aiba) com o apoio do Mapa.

Várias palestras serão realizadas durante o evento, dentre os temas estão: Aspectos bioecológicos da Helicoverpa armigera, Conceitos e estratégias para o combate, Culturas OGM com proteínas Bt (milho, soja e algodão) e Ocorrência e prejuízos na safra 2012/2013.

Mais informações para a imprensa:Assessoria de Comunicação Social
(61) 3218-2205/2203
Carol Oliveira
ana.carolina@agricultura.gov.br

PROGRAMAÇÃO DO SEMINÁRIO BRASILEIRO SOBRE HELICOVERPA*

30 de julho de 2013 / Luís Eduardo Magalhães - BA
7h30 às 8h30 – Café da manhã e inscrições;

8h30 às 9h – Abertura oficial do Seminário Brasileiro sobre Helicoverpa
- JULIO BUSATO – Presidente da AIBA
- ISABEL DA CUNHA – Presidente da Abapa
- GILSON PINESSO – Presidente da ABRAPA
- HAROLDO DA CUNHA – Presidente do IBA
- ENIO MARQUES – Secretário Nacional de Defesa Agropecuária
- MAURICIO LOPES – Presidente da Embrapa
- HUMBERTO SANTA CRUZ – Prefeito de Luís Eduardo Magalhães
- EDUARDO SALLES – Secretário da Agricultura do Estado da Bahia

9h às 9h15 – Dra. Silvana Moraes (15') / Embrapa
Aspectos bioecológicos da Helicoverpa armigera
Ciclo de vida do ovo ao adulto (características e impactos)
• Período de incubação
• Período larval
• Período pupal no solo
• Adulto
• Identificação da praga pela Embrapa

9h15 às 9h35 – Dr. José Ednilson Miranda (20') / Embrapa
MIP – Conceitos e estratégias

9h35 às 10h10 – Dr. Fernando Valicente (35') / Embrapa Controle Biológico
Culturas OGM com proteínas Bt (milho, soja e algodão)
Entomopatógenos e inseticidas biológicos
• Virus - Baculovírus
• Bactérias – Bacillus thuringiensis
• Fungos – Nomuraea rileyi

10h10 às 10h40 – Dr. Anthony Hawes (30')
Controle de Heliothinae com Vírus NPV – Experiência positiva na Austrália

10h40 às 11h00 – Dr. Ivan Cruz (20') / Embrapa
Controle de lepidopteros-praga com parasitoides de ovos - Gênero: Trichogramma

11h00 às 11h20 – Dr. Edson Hirose (20') / Embrapa
Controle de lagartas com inseticidas
- Manejo de parasitóides ou insetos benéficos
- Tabela de produtos seletivos
- Rotação mecanismos de ação
- Posicionamento de grupos químicos e/ou modo de ação


11h20 às 11h40 – Dr. Fernando Adegas (20') / Embrapa
Tecnologia de aplicação

11h40 às 12h00 – Dra. Eliana Quintela (20') / Embrapa
Mosca Branca – Ocorrência e prejuízos na safra 2012/2013

12h00 às 12h30 – Perguntas por escrito (30')

12h30h às 14h00 - Almoço

14h00 as 14h45 – Espaço para o Programa Fitossanitário do Bicudo na Bahia. (Abapa e Adab)

14h45 às 15h45 – Espaço aberto às Fundações MT/Chapadão/Bahia/IMA MT para as pesquisas que estão sendo realizadas para manejo e controle de Lagartas.

15h45 as 16h00 - Espaço para Abrapa (Problemática Helicoverpa / Nível Nacional).

16h às 16h30 – COFFEE BREACK

16h30 às 17h – Apresentação do Programa Nacional de Manejo da Mosca Branca e da Helicoverpa, com liderança do MAPA (Cosam Coutinho).

17h às 18h00 – Apresentação do Programa Fitossanitário da Bahia para Lagartas e outras Pragas do Sistema.

18h às 18h30 – Perguntas por escrito (30')

18h30 - ENCERRAMENTO DO SEMINÁRIO

*Programação sujeita a alterações.

Seguidores