29 de julho de 2013


 
A baleia acabou desgarrando do grupo que migra para a região tropical da Bahia, à procura de condições para a procriação e ficou encalhada na praia rasa.
 
Primeiro Jornal - Data: 25/07/2013 - 08:21:26
No final da tarde desta quarta-feira, dia 24 de julho, uma baleia Jubarte foi encontrada morta nas proximidades da Barraca 51, na cidade do Prado, litoral sul da Bahia.
A baleia acabou desgarrando do grupo que migra para a região tropical da Bahia, à procura de condições para a procriação. As Jubartes são oriundas da Antártica e vêm para a Bahia, entre os meses de julho e novembro para acasalar e ter seus filhotes.
De acordo com o Instituto Baleia Jubarte (IBJ), entre os anos de 2002 a 2005 foi registrada média de 22 encalhes da espécie, por ano, no Brasil; entre 2006 e 2009 o número foi de 37 animais e, em 2010, chegou a 96 ocorrências. Em 2011, foram 39 encalhes, contra 44 em 2012.
Segundo o Instituto Baleia Jubarte, a população de baleias que tem vindo ao Brasil atualmente é de cerca de 10 mil. Censo de 2011 do IBJ, realizado entre o litoral de Sergipe e Rio de Janeiro, constatou 11,4 mil exemplares da espécie. Pesquisa de 2008 havia registrado 9.330.
De acordo com o instituto, 95% das baleias que migram para o Brasil ficam no Parque Marinho de Abrolhos, litoral da Bahia.

SulBahiaNews - A publicação do texto está autorizada desde que o veículo cite a fonte.

Seguidores