6 de maio de 2013

Duas tartarugas são encontradas mortas na praia de Ipitanga, na Bahia

Animais já estavam em estado de decomposição, afirma o Projeto Tamar.


Tartarugas foram localizadas por populares no domingo (5).

Do G1 BA
tartaruga (Foto: Nathalia Berchieri/Projeto Tamar)Animal foi achado morto no domingo, na praia de Ipitanga, na Bahia (Foto: Nathalia Berchieri/Projeto Tamar)
 
Duas tartarugas da espécie Chelonia mydas, popularmente conhecida como "Tartaruga Verde", foram encontradas mortas no domingo (5), na praia de Ipitanga, no município de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador. Um dos animais estava em frente a uma barraca de praia, e o outro perto de um hotel.

Segundo informações de funcionários do hotel, a tartaruga foi encontrada morta no mar por um surfista, que a levou na prancha até a areia da praia, por volta das 16h. Já com relação ao outro animal, não há informações sobre como foi localizado.

Segundo a bióloga Simone Gobbo, do Projeto Tamar, as tartarugas que foram localizadas pelo órgão apresentavam avançado estado de decomposição. Ela informou ainda que os animais tinham cerca de 50 cm de comprimento e foram enterradas pelos biólogos na areia da praia. Uma perícia também foi feita nos animais para saber as causas das mortes, informou a especialista.

De acordo com dados do Projeto Tamar, de agosto de 2012 até abril de 2013, foram registrados 267 animais encalhados na área de monitoramento da entidade, que começa na Boca do Rio, em Salvador, e termina na Foz do Rio Jacuípe, em Arembepe - totalizando 47 km de praia. Dos 267, foram 31 animais vivos; e 236 mortos. A espécie com mais ocorrências de encalhes na área de monitoramento é Chelonia mydas, segundo informações do Projeto Tamar.
tartaruga  (Foto: Nathalia Berchieri/Projeto Tamar)Especialistas examinaram animais localizados em Arembepe (Foto: Nathalia Berchieri/Projeto Tamar)

Seguidores