24 de outubro de 2012

Humberto Costa registra início da produção de selante biológico pela Hemobrás

Da Redação
Em pronunciamento nesta quarta-feira (24), o senador Humberto Costa (PT-PE) manifestou satisfação com o início da produção de cola de fibrina – um selante biológico, feito com plasma humano – pela fábrica da Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás), no município pernambucano de Goiana. O senador enalteceu o investimento do governo federal no projeto que, segundo sua previsão, trará a autossuficiência brasileira em hemoderivados.
– É importante dizer que o Brasil gasta centenas de milhões de dólares por ano para importar aqueles elementos que são derivados do sangue e que são utilizados para várias doenças. A implantação e o funcionamento pleno da Hemobrás não só vai significar a autossuficiência do Brasil na produção de hemoderivados para o SUS, como também a sua capacidade, seja de vender esses produtos, seja de doar a outros países – afirmou.
A cola de fibrina é utilizada no controle de hemorragias em cirurgias. Segundo Humberto Costa, que foi ministro da Saúde à época da criação da Hemobrás, o produto só era obtido por importação, o que dificultava seu acesso por usuários do Sistema Único de Saúde.


Agência Senado
(Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

Seguidores