18 de março de 2015

Fundação Grupo Boticário lança edital de apoio a projetos de conservação

Fundação Grupo Boticário lança edital de apoio a projetos de conservação


As inscrições para a edição 2015 do Programa de Apoio a Ações de Conservação, da Fundação Grupo Boticário, estão abertas até o dia 31 de março.
O objetivo do programa é contribuir para o desenvolvimento científico, aplicação prática e divulgação do conhecimento gerado, ampliando o engajamento em prol da necessidade de conservação dos ambientes naturais.
Nesta edição, serão apoiadas iniciativas nas seguintes linhas temáticas:
• Unidades de conservação de proteção integral e reservas particulares do patrimônio natural: ampliação da superfície protegida por UCs e RPPNs e implementação de seus planos de manejo.
• Espécies ameaçadas: execução de ações prioritárias dos Planos de Ação Nacional (PAN) para espécies e ecossistemas e categorização de ameaças.
• Ambientes marinhos: criação e ampliação de UCs marinhas; implementação de seus planos de manejo; ações e ferramentas para proteção da biodiversidade.
Os projetos a serem inscritos devem devem ter entre 12 a 24 meses. Pode-se solicitar a continuidade (2ª fase) de projetos já aprovados pela Fundação, desde que o projeto anterior (1ª fase) seja concluído antes da Reunião do Conselho Curador. Essa solicitação passará novamente pelo processo de seleção como uma nova proposta, não tendo nenhum tipo de privilégio em qualquer momento do processo de seleção e execução.
A Fundação não determina valores mínimos ou máximos para as propostas. No entanto, nos últimos dois anos variou entre R$ 650 mil e R$ 750 mil, com o apoio, em média, de 15 a 20 projetos.
Podem ser apoiados recursos para materiais de consumo, materiais permanentes, despesas com viagens, despesas com terceiros e despesas com pessoal (remuneração para membros da equipe executora).
As propostas enviadas passarão por várias etapas de seleção. Na primeira fase, será feita uma análise preliminar quanto ao enquadramento das instituições e das temáticas das propostas às exigências do edital. Em seguida, será realizada uma avaliação por consultores especialistas e por um Comitê Técnico. Por fim, o Conselho Curador da Fundação analisará as propostas qualificadas e definirá, com base no orçamento disponível no edital, as propostas que receberão o apoio.
De acordo com a Fundação, são consideradas propostas prioritárias aquelas que: tragam resultados concretos imediatos para a conservação; representem esforços de médio e longo prazo da equipe proponente visando atingir impacto duradouro para a conservação dos hábitats e espécies-alvo; gerem informações básicas imprescindíveis para a tomada de medidas conservacionistas, mas que estejam claramente ligadas a ações futuras para utilização do conhecimento obtido; elucidem aspectos relevantes ou promovam a conservação de hábitats, espécies ameaçadas ou chave para o funcionamento de ecossistemas; e promovam a ampliação do conhecimento e conservação de ambientes naturalmente isolados ou relictuais (ilhas, campos de altitude, etc.).
O edital está disponível no site da Fundação. Mais informações pelo e-mail:edital@fundacaogrupoboticario.org.br ou telefone: (41) 3318-2666.

A Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza é associada GIFE

TEXTO EXTRAIDO DO SITE DA GIFE

Seguidores