18 de março de 2015

CAPES e British Council lançam chamada para intercâmbio de professores

A iniciativa é financiada pelo Fundo Newton, que fomenta pesquisa e inovação em países emergentes
Entre 17 de março e 16 de abril de 2015, professores do ensino superior participantes do Programa Novos Talentos da Diretoria de Educação Básica da CAPES poderão se inscrever no programa de cooperação internacional STEM (sigla em inglês para Science, Technology, Engineering and Mathematics – Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática). O programa é fruto de uma parceria entre a Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior) e o BritishCouncil, com financiamento do Fundo Newton, que fomenta pesquisa e inovação em países emergentes e investirá £27 milhões (cerca de R$ 94 milhões) até 2017 no Brasil.
O programa tem como objetivo incentivar a inovação curricular e a criação de novas estratégias na formação dos professores, incluindo metodologias de ensino em ambientes formais e não formais do STEM, como museus, centros de ciências, espaços de divulgação científica, entre outros. A implementação do programa será dividida em duas etapas: a participação em atividades de imersão no Reino Unido, e a realização de atividades de disseminação do conhecimento, após o retorno ao Brasil, com a aplicação de um plano de formação de professores alinhado às temáticas do STEM.
Estão previstos no edital os seguintes benefícios: ajuda de custo no valor de 250 Libras esterlinas, financiamento de até 24 mil Reais para ser aplicado em atividades de disseminação do STEM após retorno ao Brasil, passagem aérea internacional de ida e volta para o Reino Unido, hospedagem com pensão completa (3 refeições), entradas nos museus e centros de referência em STEM, seguro de saúde e deslocamentos internos. Cada uma das cinco regiões do país será contemplada com 03 vagas, de acordo as notas obtidas na avaliação dos projetos.
“A intenção do programa é proporcionar um equilíbrio regional na distribuição das vagas, garantindo que projetos de todo o país venham a ser contemplados, e não apenas aqueles provenientes do eixo Sul-Sudeste”, segundo Claudio Anjos, Diretor de Educação do British Council no Brasil. “Além disto, despertar o interesse nas matérias de STEM de forma lúdica e criativa é fundamental para a formação dos estudantes em todo o mundo, haja vista a recente inclusão do desempenho em ciências na avaliação mundial do PISA”, complementa o diretor.
A viagem do Reino Unido inclui visitas a centros de pesquisa e apresentação dos programas de formação dos estudantes desenvolvidos pela Academia de Educação Superior, Centro de Aprendizagem em Ciências, Associação de Educação Científica e equivalente para a engenharia e matemática, a Associação Britânica de Ciências, o STEMnet, o Museu de Ciências de Londres e as universidades com experiências no STEM. Um dos requisitos para se inscrever no programa é possuir título de doutorado.
Informações para imprensa: Ana Signorini – ana.signorini@britishcouncil.org.br 21 2105 7540
Serviço
Período de inscrições: De 17 de março a 16 de abril de 2015
As propostas deverão ser submetidas por meio do Sistema Integrado Capes – SICAPES (http://stem.capes.gov.br), conforme normas e cronograma do Edital de seleção.
Esclarecimentos e informações adicionais podem ser solicitados pelo e-mail cideb@capes.gov.br
Sobre o Fundo Newton
Lançado no Brasil pelo Ministro das Finanças britânico George Osbourne em abril de 2014, o Fundo Newton de fomento à pesquisa e inovação em países emergentes investirá £75 milhões (aproximadamente R$ 262 milhões) anualmente em diversos programas que contemplam mobilidade, pesquisa e capacitação em 15 países, durante cinco anos. No Brasil, deverão ser investidos £27 milhões (aproximadamente R$ 94 milhões) até 2017. O fundo é parte do compromisso assumido pelo Reino Unido perante a comunidade internacional de promover iniciativas que fortaleçam o desenvolvimento social e econômico de países emergentes. Os programas contemplados com recursos do Fundo Newton serão estabelecidos entre instituições brasileiras e britânicas, que – em parceria – serão responsáveis pela divulgação de chamadas.
Sobre o British Council
O British Council é a organização internacional do Reino Unido para relações culturais e oportunidades educacionais. Nosso trabalho busca estabelecer a troca de experiências e criar laços de confiança através do intercâmbio de conhecimento e de ideias entre pessoas ao redor do mundo. A organização está presente em mais de 100 países com cerca de 8000 funcionários, trabalhando com parceiros como os governos em diversas instâncias, organizações não governamentais e iniciativa privada, em ações relacionadas a promoção da língua inglesa, cultura, artes, educação e programas sociais. Somos uma organização britânica, sem fins lucrativos, e o objetivo do nosso trabalho é tornar o Reino Unido e o mundo todo mais próspero e seguro. www.britishcouncil.org.br
(British Council)
TEXTO EXTRAIDO DO SITE
http://www.jornaldaciencia.org.br/edicoes/?url=http://jcnoticias.jornaldaciencia.org.br/4-capes-e-british-council-lancam-chamada-para-intercambio-de-professores/

Seguidores