15 de maio de 2013

Operação Grandis combate o comércio ilegal de carvão vegetal na Bahia



Vitória da Conquista/BA – A Polícia Federal, com o apoio do IBAMA e da Corregedoria da Polícia Rodoviária Federal, deflagrou nesta manhã (15/5) a Operação Grandis, que visa reprimir o comércio ilegal de carvão vegetal, extraído de reserva de proteção ambiental (Mata Atlântica), localizada na região do Município de Cândido Sales.

Foram expedidos pela Justiça Federal oito mandados de busca e apreensão e condução coercitiva, todos a serem cumpridos no município de Cândido Sales. O objetivo é desarticular um grupo criminoso especializado em falsificar notas fiscais e Documentos de Origem Vegetal (DOF).

O grupo criminoso utilizava documentos forjados para autorizar o transporte dessa espécie de carvão ou ocultava o carvão em caminhões, ludibriando a fiscalização ambiental e possibilitando o envio do produto, de forma dissimulada, para outros estados, inclusive com a participação de servidor público.

A madeira que dava origem ao carvão vegetal nativo era extraída clandestinamente com a exploração de parte da população local, que recebia pouco dinheiro pelo serviço e nenhuma espécie de proteção trabalhista. Nesse trabalho de extração ilegal, grandes áreas de Mata Atlântica eram desmatadas.

O nome “Grandis” tem origem no nome científico do eucalypto grandis, espécie de eucalipto utilizada para fabricação de carvão.

Serviço de Comunicação Social  da Delegacia da Polícia Federal em Vitória da Conquista/BA
Tel.: (77) 3420-8050
FONTE: http://www.dpf.gov.br/agencia/noticias/2013/05/operacao-grandis-combate-o-comercio-ilegal-de-carvao-vegetal-na-bahia


Seguidores