11 de janeiro de 2013

País tem mais de 308 milhões de hectares de florestas públicas cadastradas



Números são do Cadastro Nacional de Florestas Públicas, elaborado pelo Serviço Florestal Brasileiro. Houve um aumento de 3,6% da área total de florestas públicas cadastradas na comparação entre 2012 e 2011


As florestas públicas – aquelas que pertencem à União, aos estados, DF e municípios – ocupam mais de 308 milhões de hectares, ou seja, 36% do território brasileiro, conforme os dados atualizados do Cadastro Nacional de Florestas Públicas (CNFP) em 2012. O CNFP é elaborado pelo Serviço Florestal Brasileiro (SFB).

O número representa um aumento de quase 11 milhões de hectares em relação às florestas públicas cadastradas até o ano passado. A inclusão dessas áreas ocorre à medida que o SFB recebe informações georreferenciadas (arquivos eletrônicos com coordenadas geográficas) dos órgãos que detêm áreas públicas com florestas.

“Nossa meta é manter o Cadastro sempre atualizado, com a inclusão de todas as florestas públicas repassadas pelos parceiros. Um dos nossos desafios é apoiar os estados na elaboração dos cadastros estaduais”, afirma o gerente-executivo do Cadastro no SFB, Humberto Mesquita Jr.

A maior parte das florestas adicionadas ao CNFP deste ano é daquelas sem uso definido, tanto em âmbito federal quanto estadual, que juntas adicionaram cerca de 5 milhões de hectares. O segundo maior acréscimo ao Cadastro veio de assentamentos diferenciados (agroextrativistas, florestais e de desenvolvimento sustentável) do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), que responderam por cerca de 2 milhões de hectares.

Uso
As florestas com uso definido (destinadas) correspondem a cerca de 75% daquelas cadastradas, com cerca de 230 milhões de hectares. Nesse grupo estão as terras indígenas, com 111 milhões de hectares; unidades de conservação federais, com 60 milhões de hectares; unidades de conservação estaduais, com 45,6 milhões de hectares; áreas militares, com 2,9 milhões de hectares; além de assentamentos estaduais e florestas municipais.

Ainda que as florestas destinadas sejam maioria, um quarto das florestas públicas cadastradas – 76 milhões de hectares – ainda não possuem um uso definido. A quase a totalidade delas está na região Norte (96%), e o restante, nas regiões Centro-oeste e Nordeste. Em relação ao CNFP passado, o aumento dessas florestas foi de 5%.

O bioma que possui a maior quantidade de florestas públicas é a Amazônia, somando 92% de hectares, seguido pelo do Cerrado, com 6%.

Para o SFB, o Cadastro funciona como instrumento de planejamento voltado às concessões florestais, à tomada de decisões na gestão florestal, definição de estratégias de gestão florestal e como provedor de informações aos sistemas de informação florestal. O CNFP permite identificar a totalidade de florestas públicas, bem como as passíveis de concessão, subsidiando a elaboração dos Planos Anuais de Outorga Florestal.

Banco de Dados Espaciais
O esforço continuo para o aperfeiçoamento do banco de dados espaciais do Cadastro proporcionaram a disponibilização dos dados do CNFP por meio de mapas interativos que possibilitam consultas e download dos dados (http://geo.florestal.gov.br ou http://mapas.florestal.gov.br)

Contato para a imprensa
Serviço Florestal Brasileiro
Assessoria de Comunicação
(61) 2028-7130/ 7293 /7125/ 7277
comunicacao@florestal.gov.br
Siga-nos no Twitter: sfb_florestal
Facebook: florestal.gov


PARA MAIORES INFORMAÇÕES, ACESSE: http://www.florestal.gov.br/noticias-do-sfb/pais-tem-mais-de-308-milhoes-de-hectares-de-florestas-publicas-cadastradas

Seguidores