9 de janeiro de 2013

Fotógrafo retrata seca em jornada de 2 mil km pela Bahia.

Foto: Flavio Forner
Foto: Flavio Forner

Carcaça de gado em sítio atingido pela seca em Iaçu.

A chuva registrada na Bahia no final de dezembro não foi suficiente para reverter os estragos da que é considerada a pior estiagem a atingir o semiárido no interior do Estado nas últimas quatro décadas.
De acordo com a Coordenadoria da Defesa Civil do Estado, 259 municípios baianos permanecem em situação de emergência devido à seca, que afeta nessas localidades quase 3 milhões de pessoas.
O prejuízo à economia ainda pode chegar a R$ 7,8 bilhões, segundo estimativa da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (Faeb). A falta d'água está prejudicando as pequenas lavouras de subsistência e castigam os rebanhos bovinos, caprinos e ovinos.
O fotógrafo Flavio Forner esteve entre 2 e 19 de dezembro viajando pela região, percorrendo cerca de 2 mil quilômetros e visitando alguns municípios entre os mais afetados pela estiagem prolongada. Suas fotos documentam o drama humano da seca e o seu impacto na economia e na paisagem da região.

Da BBC
saiba mais http://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2013/01/130108_galeria_seca_nordeste1_rg.shtml
 

Seguidores