20 de novembro de 2012

Seminário em Salvador debate perspectivas do Mercosul
Para discutir o Mercosul diante da reconfiguração do bloco e do poder mundial, Salvador sedia na próxima sexta-feira, das 9 às 13h, no Hotel Fiesta, o seminário ‘Mercosul: Novas Perspectivas’, com a participação do governador Jaques Wagner, do ministro das Relações Exteriores, Antônio Patriota, embaixadores e outras autoridades nacionais e estrangeiras.
Três mesas-redondas vão compor o evento, promovido pelo Ministério das Relações Exteriores (MRE), com apoio da Secretaria para Assuntos Internacionais e da Agenda Bahia (Serinter). A expectativa é criar, na Bahia, novo polo de referência para o Mercosul. Segundo o secretário estadual Fernando Schmidt, por questão geográfica – a proximidade com os países membros (Uruguai, Paraguai e Argentina)–-, o Rio Grande do Sul sempre foi a referência.

Polos de referência – "O ingresso da Venezuela e a construção das ferrovias de Integração Centro-Oeste (Fico), que vai ligar Goiás a Rondônia, e Oeste-Leste (Fiol), no sul da Bahia, proporcionam o surgimento de outros polos de referência, e acreditamos que a Bahia deve ser um desses polos", afirmou o secretário.
A mesa I será moderada pelo subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe, embaixador Antonio Simões, com a presença do embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon, da embaixadora da União Europeia, Ana Paula Zacarias, e do encarregado de negócios da Embaixada da China, ministro Zhu Quingqiao, que irão debater o ‘Mercosul diante da reconfiguração do poder mundial’.
A mesa II, sobre o tema ‘Um novo Mercosul: A adesão da Venezuela’, terá a moderação do representante permanente do Brasil na Associação Latino-Americana de Integração (Aladi) e Mercosul, embaixador Ruy Pereira. Dessa mesa participarão o diretor do Instituto de Pesquisa Factum – Uruguai, Oscar Bottinelli, o embaixador da Venezuela em Brasília, Maximilien Arvelaiz, o representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (Ipea/SAE) em Caracas, Pedro Silva Barros, e o presidente da Federação de Câmaras de Comércio e Indústria da América do Sul, Darc Costa.
A mesa III, que discutirá o ‘Mercosul Econômico-Comercial: Integração Produtiva e Expansão do Comércio e Desenvolvimento Social’, será moderada pelo vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria, Paulo Gilberto Tigre, tendo como debatedores o presidente da União Industrial Argentina (UIA), José Ignácio de Mendiguren, o consultor especial da Presidência da Caixa Econômica Federal, Vicente Trevas, e o secretário-geral da Coordenadoria de Centrais Sindicais do Cone Sul, Valdir Vicente de Barros. As inscrições podem ser feitas pelo e-mail eventonovomercosul@ gmail.com.


Seminário vai debater em Salvador as novas perspectivas do Mercosul
Para discutir o Mercosul diante da reconfiguração do bloco e do próprio poder mundial, Salvador sedia nesta sexta-feira (23), das 9 às 13h, no Hotel Fiesta, o seminário ‘Mercosul: Novas Perspectivas’, com a participação do governador Jaques Wagner, do ministro das Relações Exteriores (MRE), Antônio Patriota, embaixadores e outras autoridades nacionais e estrangeiras.
Três mesas redondas vão compor o evento, promovido pelo MRE, com o apoio da Secretaria para Assuntos Internacionais e da Agenda Bahia (Serinter). A expectativa é criar na Bahia um novo polo de referência para o Mercosul. Segundo o secretário Fernando Schmidt, por uma questão geográfica - a proximidade com os países membros Uruguai, Paraguai e Argentina -, o Rio Grande do Sul sempre foi a referência.
“O ingresso da Venezuela e a construção das ferrovias de Integração Centro-Oeste (Fico), que vai ligar Goiás a Rondônia, e Oeste-Leste (Fiol), no sul da Bahia, proporcionam o surgimento de outros polos de referência, e nós acreditamos que a Bahia deve ser um desses polos”, afirmou o secretário.
Programação
A mesa I será moderada pelo subsecretário-geral da América do Sul, Central e do Caribe, embaixador Antonio Simões, e contará com a presença do embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon. A embaixadora da União Europeia, Ana Paula Zacarias, e do encarregado de negócios da Embaixada da China, Ministro Zhu Quingqiao, que debaterão o ‘Mercosul diante da reconfiguração do poder mundial’.
A mesa II, que tem como tema ‘Um novo Mercosul: A adesão da Venezuela’, terá a moderação do representante permanente do Brasil na Aladi e Mercosul, embaixador Ruy Pereira. Dessa mesa participarão o diretor do Instituto de Pesquisa Factum – Uruguai, Oscar Bottinelli, o embaixador da Venezuela em Brasília, Maximilien Arvelaiz, o representante do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República (Ipea/SAE) em Caracas, Pedro Silva Barros, e o presidente da Federação de Câmaras de Comércio e Indústria da América do Sul, Darc Costa.
A mesa III, que tratará do ‘Mercosul Econômico-Comercial: Integração Produtiva e Expansão do Comércio e Desenvolvimento Social’, será moderada pelo vice-presidente da Confederação Nacional da Indústria, Paulo Gilberto Tigre, e terá como debatedores o presidente da União Industrial Argentina (UIA), José Ignácio de Mendiguren, o consultor especial da Presidência da Caixa Econômica Federal, Vicente Trevas, e o secretário-geral da Coordenadoria de Centrais Sindicais do Cone Sul, Valdir Vicente de Barros. As inscrições podem se feitas pelo e-mail eventonovomercosul@gmail.com.
rodape-secom Secom - Secretaria de Comunicação Social
3ª Avenida, nº 390, Plataforma IV, 1º andar, CAB. CEP: 41.745-005 Salvador - Bahia

Seguidores