13 de julho de 2012



Porto de Salvador recebeu 12 toneladas de urânio

Juscelino Souza | Sucursal Vitória da Conquista
Um comboio de 12 carretas com carregamento de urânio, proveniente de Caetité, a 757 km da capital,  chegou ao Porto de Salvador na noite desta quinta-feira (12), com destino a Bind River, no Canadá, onde será enriquecido. O volume representa cerca de 12 toneladas do produto, que deixa a Bahia na forma concentrada, conhecida pela expressão "yellow cake", ou bolo amarelo.

Os veículos carregados deixaram a província uranífera no sertão baiano, escoltados por batedores da Polícia Rodoviária Federal (PRF), conforme determina as normas de Radioproteção e Segurança da Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN).

Segundo o médico Nelson Valverde, especializado há mais de 33 anos em radiobiologia e radiopatologia, não há riscos radiológicos na forma em que o urânio segue a Salvador, porque o produto não está enriquecido. “O risco é a partir dos 10 a 15% de enriquecimento”, informou. Valverde é colaborador permanente da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

A reportagem de A TARDE procurou a assessoria de comunicação corporativa da INB (Indústrias Nucleares do Brasil), estatal ligada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT), responsável pela extração e transporte do urânio, que prometeu se manifestar sobre o embarque, por meio de nota, ainda hoje.

http://www.atarde.com.br/cidades/noticia.jsf?id=5853405&t=Porto+de+Salvador+vai+receber+12+toneladas+de+uranio


Seguidores