23 de fevereiro de 2012

ICMBio lança segunda chamada para seleção de bolsistas

O Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) torna público o edital de segunda chamada para seleção de bolsistas na modalidade Apoio Científico, para suporte ao desenvolvimento das atribuições da Diretoria de Pesquisa, Avaliação e Monitoramento da Biodiversidade (Dibio/ICMBio), no âmbito do Projeto Nacional de Ações Integradas Público-Privadas para Biodiversidade (PROBIO II).

Os escolhidos na seleção irão desenvolver trabalhos relacionados a avaliação do estado de conservação das espécies da fauna brasileira; elaboração e implementação dos Planos de Ação para a Conservação das Espécies Ameaçadas de Extinção; monitoramento do estado de conservação da biodiversidade em Unidades de Conservação Federais e fortalecimento e estruturação dos Centros de Pesquisa e Conservação da Biodiversidade Brasileira.

O processo de seleção será constituído por duas etapas: análise de currículos e entrevista. Os interessados devem enviar os currículos (com a respectiva documentação solicitada no Edital) para o e-mail: fundacaoflora1@gmail.com até dia 09 de março.
Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

O resultado da segunda chamada para a seleção de bolsistas será divulgado até o dia 27 de março de 2012. A duração das bolsas varia de 06 a 12 meses, com a possibilidade de prorrogação por igual período.Os candidatos selecionados receberão um comunicado eletrônico da Fundação Flora com as devidas orientações.

PROBIO II

O Fundo Mundial para o Meio Ambiente realizou uma doação por meio do Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (Banco Mundial) para financiar o Projeto Nacional das Ações Integradas Público-Privadas para a Biodiversidade. A iniciativa visa contribuir de forma significativa para a redução da perda da biodiversidade e está sendo executado por meio de parceria estabelecida entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) e a Caixa Econômica Federal.Para a implementação do Projeto foram estabelecidas parcerias estretégicas com o ICMBio, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), o Ministério da Ciência e da Tecnologia (MCT), a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ) e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

Comunicação ICMBio(61) 3341-9280
Fonte: www.icmbio.gov.br

Seguidores