23 de agosto de 2013

EDITAL - Fundação Grupo Boticário


Editais


Os editais da Fundação Grupo Boticário têm por objetivo patrocinar projetos que contribuam efetivamente para a conservação da natureza no Brasil, sendo destinados somente a pessoas jurídicas sem fins lucrativos, exceto o Edital de Apoio a Projetos Fundação Araucária e Fundação Grupo Boticário. 
O Edital de Apoio a Projetos, vigente desde o início dos anos 90, é direcionado a todas as regiões do Brasil e possui as seguintes linhas temáticas: 

           > Ações e pesquisa para a conservação de espécies e comunidades silvestres 
             em ecossistemas naturais;
> Ações para implementação de políticas voltadas à conservação de ecossistemas naturais;
> Ações para a restauração de ecossistemas naturais;
> Ações para prevenção ou controle de espécies invasoras;
> Estudos para criação ou manejo de unidades de conservação; e,
> Pesquisa sobre vulnerabilidade, impacto e adaptação de espécies e ecossistêmicas a variáveis climáticas.

O Edital de Apoio a Projetos Fundação Araucária e Fundação Grupo Boticário, lançado em 2012, visa a financiar projetos de instituições paranaenses que contribuam para a conservação da natureza no Estado do Paraná e, eventualmente, áreas correlatas. Esse edital segue as linhas temáticas adotadas pelo Edital de Apoio a Projetos da Fundação Grupo Boticário, com o diferencial de priorizar a região da Floresta Ombrófila Mista (Floresta com Araucárias) e fitofisionomias associadas, além da região litorânea do Paraná.

O Apoio a Programas da Fundação Grupo Boticário é uma linha de financiamento, lançada em 2010, que visa a apoiar instituições para que empreendam ações de médio a longo prazos, resultando em medidas efetivas e práticas de conservação ou para que sejam os agentes indutores dessas medidas.  As propostas para esse financiamento devem contribuir para a definição de estratégias direcionadas à reversão ou mitigação de uma ou mais situações problemáticas, claramente identificadas como causadoras de perda de biodiversidade. Nesse âmbito, destacam-se aquelas voltadas à ampliação e ao fortalecimento do Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC), tanto públicas quanto privadas; e também as direcionadas à melhoria de status de conservação de espécies brasileiras ameaçadas de extinção ou que necessitem dessa classificação. Serão priorizadas propostas que: 1) promovam atividades concretas de conservação dos recursos naturais; e 2) diminuam a pressão sobre os recursos naturais e que subsidiem políticas públicas de contribuição à conservação da biodiversidade, fortalecendo esforços de conservação nos biomas brasileiros, com destaque para os mais ameaçados e menos protegidos. 

O Apoio a Programas é destinado a pessoas jurídicas, sem fins lucrativos, como organizações não-governamentais ou fundações de direito privado. Cada uma das propostas poderá receber um financiamento total de até R$ 400.000,00, com duração máxima de quatro anos. A primeira etapa da seleção das propostas é realizada por meio de cartas-consulta com informações gerais sobre a iniciativa e que devem ser encaminhadas até 10 de setembro de cada ano para o e-mail picn@fundacaogrupoboticario.org.br. Caso ela seja previamente aprovada, uma proposta detalhada deverá ser encaminhada no primeiro semestre do ano seguinte para avaliação do Conselho Curador da Fundação Grupo Boticário.

Clique aqui para obter mais detalhes sobre as inscrições para o Apoio a Programas  e o modelo de carta-consulta.
Clique aqui para conferir a lista de Programas em andamento ou em fase de contratação.

Projetos cujos objetivos estão voltados ao controle de poluição, coleta seletiva de lixo, saneamento, utilização econômica ou de subsistência a partir de espécies não domesticadas, bem como estudos em ecossistemas artificiais como represas, não são foco de apoio da Fundação Grupo Boticário. Da mesma forma, atividades de educação ambiental somente serão patrocinadas quando contextualizadas dentro de um problema ambiental específico, de modo que fique caracterizado o seu emprego como ferramenta para atingir um resultado de conservação específico e não como fim em si. Em adição, projetos de educação somente serão considerados caso venham acompanhados de metodologia pedagógica definida.
São consideradas propostas prioritárias aos três editais aquelas que:
> Tragam resultados imediatos para a conservação;
> Representem esforços de médio e longo prazo da equipe proponente visando atingir impacto duradouro para a conservação dos hábitats e espécies alvos da proposta;
> Gerem informações básicas imprescindíveis para a tomada de medidas conservacionistas, mas que estejam claramente ligadas a ações futuras para utilização do conhecimento obtido;
> Elucidem aspectos relevantes ou promovam a conservação de hábitats, espécies ameaçadas ou espécies chave para o funcionamento de ecossistemas;
> Promovam a ampliação do conhecimento e conservação de ambientes naturalmente isolados ou relictuais como ilhas, campos de altitude, entre outros;
> Promovam o planejamento, criação, implementação e gestão de Unidades de Conservação na região de Floresta de Araucária no Estado do Paraná e litoral paranaense (Lagamar) (exclusivo para o Edital de Apoio a Projetos Fundação Araucária e Fundação Grupo Boticário); e,
> Elucidem aspectos relevantes para o desenvolvimento e implantação de estratégias direcionadas à redução da perda de biodiversidade decorrente das mudanças climáticas em áreas naturais protegidas (exclusivo para o Bio&Clima-Lagamar).
  
____________________________________________

 Análise de Publicações Científicas relativas aos Impactos das Mudanças Climáticas sobre a Biodiversidade
Com o objetivo de indicar aspectos que requerem maior atenção da comunidade científica, já que pesquisas relativas ao impacto de mudanças climáticas sobre a biodiversidade são relativamente escassas, sobretudo no Brasil, a Fundação Grupo Boticário disponibiliza um estudo com uma análise sobre este panorama do Brasil e no mundo. Em decorrência deste estudo, um banco de dados com 948 registros de publicações científicas veiculadas por importantes periódicos de diferentes países, entre 1991 e 2012, também está disponível para que buscas sejam realizadas. A consulta disponibiliza, entre outras informações, o título, o ano e o resumo da publicação, seus autores e o periódico onde foi publicada.
Para acessar o estudo e o banco de dados, clique aqui.
Atenção: ao abrir o arquivo é necessário habilitar o conteúdo para ter acesso ao banco de dados. A liberação é feita clicando no botão "Opções", logo acima do título "Apresentação" e, em seguida, selecionando a opção "Habilitar este conteúdo".

O Edital Bio&Clima-Lagamar, lançado em 2011, está direcionado ao apoio a pesquisas que tratem do impacto das mudanças climáticas sobre espécies e ecossistemas na região do Lagamar (litoral sul de São Paulo e litoral do Paraná) e possui as seguintes linhas temáticas:
> Impacto das variações climáticas e dos eventos climáticos extremos em espécies e ecossistemas;
> Monitoramento de longo prazo de variáveis bióticas e abióticas, no contexto de dinâmicas climáticas;
> Impactos das variáveis climáticas sobre os serviços ecossistêmicos; e,
> Previsão de cenários climáticos e seus impactos sobre a biota.
Obs.: O EDITAL BIO&CLIMA LAGAMAR NÃO TERÁ NOVAS CHAMADAS A PARTIR DE DEZEMBRO DE 2012. 

Seguidores