18 de janeiro de 2013

Incêndio afeta reserva onde cresce espécie única de orquídea

Exame

Incêndio afeta reserva onde cresce espécie única de orquídea

O fogo teve início em 7 de janeiro, mas só foi controlado na segunda-feira(14/01/2012) graças ao trabalho de 30 bombeiros

AFP/ Luis Robayo
Orquídea
Orquídea: em um comunicado, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, órgão oficial de preservação, informou que o incêndio pode ter sido criminoso

Brasília - Um incêndio causado pelo homem consumiu 1.600 hectares do Parque Nacional da Chapada Diamantina (nordeste), onde cresce uma espécie de orquídea única no mundo, antes que os bombeiros pudessem controlar as chamas, informou a reserva esta terça-feira(08/01/2012).

O fogo teve início em 7 de janeiro, mas só foi controlado na segunda-feira(14/01/2012) graças ao trabalho de 30 bombeiros, informou um funcionário do parque à AFP.

O incêndio afetou uma área onde cresce uma espécie única de orquídea miltonia e as autoridades sobrevoam o local para determinar o impacto do fogo na vegetação, acrescentou a fonte, que pediu para não ser identificada.

Em um comunicado, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade, órgão oficial de preservação, informou que o incêndio pode ter sido criminoso.

"O incêndio foi agravado pelo período de seca de mais de 30 dias" que afeta a área do parque, que fica na Bahia.
Com extensão de 152.000 hectares, o Parque Nacional da Chapada Diamantina é uma reserva visitada por 16.000 turistas ao ano, que tem entre seus atrativos montanhas, rios e cachoeiras.
Apesar do incêndio, o acesso de visitantes não foi interrompido, informou o funcionário.

Seguidores