23 de abril de 2014

Prêmio para curtas-metragens produzidos por estudantes recebe inscrições até dia 29

Estudantes da educação básica da rede pública de ensino podem viver a experiência de criar e produzir vídeos de curta-metragem e ainda ganhar smartphones como prêmio, além de dar aos professores e até à escola a oportunidade de também receber premiação.
É o que promete o Prêmio Curta Histórias, promovido pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (Secadi) do MEC, em parceria com a Fundação Vale, a Fundação Telefônica, a Unesco e a Fundação Palmares. As inscrições estão abertas até 29 de abril.
O tema desta edição são as personalidades negras. Os estudantes podem participar em quatro categorias: ensino fundamental – anos iniciais; ensino fundamental – anos finais; ensino médio; educação de jovens e adultos.
Os estudantes interessados podem consultar as dicas de produção, elaboradas pela TV Escola do MEC e disponíveis na página do prêmio na internet, onde encontrarão também o regulamento e relação dos prêmios.
O objetivo do concurso é valorizar a educação para as relações étnico-raciais e incentivar novos talentos, além de promover o estímulo ao desenvolvimento das atividades pedagógicas e audiovisuais de cunho cultural e educativo.
Os vencedores serão anunciados na página do Curta Histórias na internet. A cerimônia de premiação ocorrerá na sede do Ministério da Educação, em Brasília, no dia 28 de maio.

Acesse a página do prêmio Curta Histórias

Texto da Assessoria de Comunicação Social

Seguidores