25 de agosto de 2012




22/08/2012Codevasf quer convênio na área agropecuária para Semiárido baiano

O superintendente regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) em Juazeiro, Emanoel Lima da Silva, esteve reunido com representantes do Campus III da UNEB, no município, com o objetivo de formalizar uma parceria na área agropecuária entre as duas instituições.
O pró-reitor de Planejamento (Proplan) da instituição, Luiz Paulo Neiva, os diretores dos departamentos de Ciências Humanas (DCH), Aurilene Rodrigues , e de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS), Ruy de Carvalho Rocha, do campus, além de professores e coordenadores de projetos de pesquisa e extensão da universidade compartilharam a mesa com engenheiros, técnicos, chefes de setores e a assessoria jurídica da empresa pública.
A parceria pretendida é voltada para o programa de Arranjos Produtivos Locais (APL), que vem sendo desenvolvido pela Codevasf no norte da Bahia.
A ideia do acordo é de que a universidade coloque à disposição da companhia o seu corpo docente e discente para o desenvolvimento de trabalhos voltados à promoção de atividades ligadas às áreas de caprinovinocultura, piscicultura, fruticultura e apicultura. A empresa se comprometerá a prestar todo o apoio físico necessário para o desenvolvimento das ações.
Primeiramente, o acordo prevê a inclusão de até cinco dos 27 municípios da área de atuação da 6ª superintendência regional.

Convivência com região sertaneja

O projeto vai envolver professores e estudantes dos cursos de agronomia, comunicação social e pedagogia do Campus III, que farão um diagnóstico do potencial de cada município, direcionando as ações para as atividades agropecuárias mais promissoras.
Diretora do DCH, Aurilene fez um balanço do que foi discutido na reunião e se mostrou confiante nos possíveis resultados dessa parceria. Segundo ela, o objetivo geral é a convivência com o semiárido, trabalho que já vem sendo realizado pela instituição por meio dos cursos de extensão e de especialização, de grupos de estudo e de projetos na área de comunicação, a exemplo de agências de notícias e de imagens.
“A ideia é que a gente possa discutir as ações desenvolvidas, pensando de que modo a Codevasf pode nos auxiliar a otimizá-las”, comentou Aurilene.
Para Emanoel, esta parceria “é o primeiro passo para envolver a comunidade estudantil nas ações da companhia, propiciando a troca de conhecimento e aperfeiçoando ainda mais o trabalho que realizamos”.
Ficou acertada no final do encontro a formalização, nos próximos meses, de um acordo de cooperação técnica entre as duas instituições.
Texto: Ascom da Codevasf SR 6, divulgado originalmente no Blog do Geraldo José, com edição da Ascom/UNEB
http://www.uneb.br/2012/08/22/codevasf-quer-convenio-com-uneb-na-area-de-agropecuaria-para-o-semiarido-baiano/

Seguidores