2 de janeiro de 2012

EDITAL UESC Nº 202

EDITAL UESC Nº 202 – Data: 29/12/2011 - ABERTURA DE INSCRIÇÕES: PRÉ-SELEÇÃO DE CANDIDATOS DE GRADUAÇÃO A BOLSAS DO PROGRAMA CIÊNCIA SEM FRONTEIRAS. O Reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz – UESC, no uso de suas atribuições, torna pública a abertura de inscrições para seleção de candidatos a serem apresentados ao processo seletivo de bolsas oferecidas pela CAPES e CNPq relativas ao Programa Ciência sem Fronteiras - Graduação Sanduíche nos Estados Unidos da América, Alemanha, França, Itália e Reino Unido, conforme Chamadas Públicas CAPES nº 102/2011, nº 103/2011, nº 104/2011, nº 105/2011 e 106/2011. 1. PROGRAMA O Programa Ciência sem Fronteiras, lançado em julho de 2011, é um programa do Governo Federal que busca promover a consolidação, expansão e internacionalização da ciência e tecnologia, da inovação e da competitividade brasileira por meio do intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação e da mobilidade internacional. O projeto prevê a concessão de até 75 mil bolsas em quatro anos. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento – CNPq e Capes –, e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC. O objetivo principal do programa é a promoção, de maneira acelerada, do desenvolvimento tecnológico e estímulo aos processos de inovação no Brasil por meio da mobilidade internacional docente, discente de graduação e pós-graduação, de pós-doutorandos e pesquisadores brasileiros, estimulando a inserção das pesquisas feitas nas instituições brasileiras às melhores experiências internacionais. Detalhes do programa: www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf/graduacao 1 2. INSCRIÇÃO

PERÍODO

De 02 a 05 de janeiro de 2012

HORÁRIO

Das 8:00 às 21:00 horas

LOCAL

Protocolo da UESC, térreo do Pavilhão Adonias Filho.

DOCUMENTOS

Ficha de inscrição (ANEXO I deste edital) / Histórico escolar com CRAA atualizado

1. Estar matriculado em curso de nível superior nas áreas e temas indicados no item 4 deste Edital. Atenção para as alterações nas áreas temáticas dos itens b, c e p em relação à chamada anterior. 2. Ter nacionalidade brasileira. 3. Ter integralizado, no mínimo, 40% e, no máximo, 80% do currículo previsto para seu curso no momento do início previsto da viagem de estudos (Agosto/ Setembro de 2012). 4. Apresentar perfil de aluno de excelência, baseado no bom desempenho acadêmico (CRAA mínimo 6). 5. Indicar a chamada para a qual está se inscrevendo com o nome de país de destino. 6. Apresentar conhecimento no idioma requerido, observando os seguintes critérios sobre os testes de proficiência: 6.1. Chamada nº 102/2011 – EUA: apresentar comprovante de teste TOEFL (Test of English as Foreign Language) nas modalidades iBT (Internet Based Test), com no mínimo de 79, ou PBT (Paper Based Test), com, no mínimo, 550 pontos, realizados após 01 de agosto de 2010.6.2. Chamada nº 103/2011 – Alemanha: apresentar certificado OnDaf com classificação de, no mínimo, A2. 6.3. Chamada nº 104/2011 – França: apresentar teste de proficiência em língua francesa; certificado da Aliança Francesa (mínimo de 70 pontos), próprio para submissão de candidatura à bolsa pela CAPES, com validade de 1 (um) ano, ou diploma DALF ou DELF (mínimo=B2). 6.4. Chamada nº 105/2011 – Itália: apresentar teste de proficiência em língua italiana; teste Lato Sensu do Instituto Italiano de Cultura, com aproveitamento igual ou superior a 50%, com validade de 5 (cinco) anos. 6.5. Chamada nº 106/2011 – Reino Unido: apresentar certificado IELTS (International English Language Testing System) com classificação de, no mínimo, 6.0 pontos. 6.6. 17 de fevereiro de 2012 – última data para realização do teste de proficiência. Testes realizados após essa data não serão considerados.6.7. 16 de março de 2012 – prazo final para envio, exclusivamente via eletrônica, do resultado do teste de proficiência do idioma. 6.8. Os candidatos que atenderem a todos os requisitos, mas não obtiverem o nível mínimo de proficiência, poderão ser beneficiados, a critério do Programa Ciência sem Fronteiras, com curso intensivo no idioma no país de destino, de 08 semanas até 6 (seis) meses de duração, incluindo estadia, taxas e material didático. 7. Declarar compromisso de permanecer no Brasil pelo dobro do número de meses em relação àqueles com que foi contemplado para realização da graduação-sanduíche. Esta exigência poderá ser relativizada nos casos em que o aluno, durante este período de permanência obrigatória, após a sua volta, tenha eventualmente entrado em programas de pós-graduação e nesta condição tenha sido contemplado com uma bolsa no exterior.

3. SELEÇÃO A UESC apresentará à CAPES os candidatos que atendam às exigências deste Edital. Após a homologação da pré-seleção feita pela UESC, o candidato deverá, obrigatoriamente, preencher o Formulário de Inscrição do Programa Ciência sem Fronteiras no site da CAPES. 4. ÁREAS E TEMAS: São prioritárias as seguintes áreas e temas de estudo para que os alunos realizem disciplinas e/ou estágio no exterior: a) Engenharias e demais áreas tecnológicas. b) Ciências Exatas e da Terra; c) Biologia, Ciências Biomédicas e da Saúde. d) Computação e Tecnologias da Informação. e) Tecnologia Aeroespacial. f) Fármacos. g) Produção Agrícola Sustentável. h) Petróleo, Gás e Carvão Mineral. i) Energias Renováveis. j) Tecnologia Mineral. k) Biotecnologia. l) Nanotecnologia e Novos Materiais. m) Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais. n) Biodiversidade e Bioprospecção. o) Ciências do Mar. p) Indústria Criativa (arquitetura, design, software, jogos de computadores, publicação eletrônica, publicidade, artes, filme, vídeo, fotografia, música e artes performáticas, televisão, rádio, editoração). q) Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva. r) Formação de Tecnólogos. (O anexo está disponível no sítio da Universidade: http://www.uesc.br/).

FONTE: DIARIO OFICIAL DO ESTADO DE 01/01/2012

Seguidores