16 de novembro de 2012

O Café Científico Salvador, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências (UFBA/UEFS), pela LDM - Livraria Multicampi e pela Biblioteca Pública do Estado da Bahia, continua neste mês de Novembro de 2012 com o evento a seguir:
 
22 de Novembro de 2012 - 18:00
“Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”: uma visão celular
Valéria Matos Borges (Centro de Pesquisa Gonçalo Moniz, Fundação Oswaldo Cruz/FIOCRUZ)
 
A célebre frase de Antoine-Laurent de Lavoisier "Na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma” se adequa muito bem à visão celular do evento conhecido como apoptose, um dos principais tipos de morte celular programada com importantes implicações na homeostasia e desenvolvimento. A apoptose deflagra uma série de reações bioquímicas específicas que culminam na degradação do DNA (ácido desoxirribonucleico).
 
Por ser um evento chave para o organismo e altamente controlado, distúrbios em sua regulação, como o excesso ou a insuficiência de apoptose, muitas vezes estão implicados no aparecimento de doenças autoimunes, neurodegenerativas, câncer, entre outros. Além disso, a remoção de células mortas no organismo constitui um mecanismo vital nos mecanismos de defesa do hospedeiro e na modulação da resposta inflamatória.
 
A retirada de células mortas nos tecidos é realizada principalmente por células chamadas ‘macrófagos’ que também atuam como sítios de replicação de vários microorganismos intracelulares. Vários desses microorganismos patogênicos tiram proveito do ambiente anti-inflamatório gerado após a remoção, por fagocitose, de células apoptóticas para escaparem da resposta do sistema imune.
A apresentação desse tema no Café Científico discutirá como nada se perde com a morte celular e como tudo se transforma durante esse intrigante fenômeno biológico.
 
Local: Sala Katia Mattoso da Biblioteca Pública do Estado da Bahia (Biblioteca dos Barris), Rua General Labatut, 27, Barris, Salvador-BA.

[Ver mais detalhes no resumo abaixo]
 
O Café Científico é um local em que qualquer pessoa pode discutir desenvolvimentos recentes das várias ciências e seus impactos sociais. Ele oferece uma oportunidade para que cientistas e o público em geral se encontrem face a face para discutir questões científicas, numa atmosfera agradável.
 
O evento é inteiramente gratuito e não necessita de inscrição.
 
Para mais informações, ligue  71 3283-6568 .
 
Maiores informações sobre o café científico de Salvador podem ser encontradas em http://cafecientificossa.blogspot.com
 
Informações gerais sobre a iniciativa dos Cafés Científicos podem ser conseguidas no seguinte sítio: http://www.cafescientifique.org.
 
Att
Comissão Organizadora do Café Científico:
Charbel Niño El-Hani (Instituto de Biologia, UFBA. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS. Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Biomonitoramento, UFBA).
Primo Maldonado (LDM).
Luana Maldonado (LDM)
Liziane Martins (Faculdades Jorge Amado)
Nei de Freitas Nunes Neto (Instituto de Biologia, UFBA).
Sidarta Rodrigues (Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, UFBA)
Valter Alves Pereira (Colégio da Polícia Militar. Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)
Anna Cassia Sarmento (Colégio da Polícia Militar)
Maria Aparecida Santana (Instituto de Biologia, UFBA).
Frederik Moreira dos Santos (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)
Ricardo Santos do Carmo (Programa de Pós-Graduação em Ensino, Filosofia e História das Ciências, UFBA/UEFS)
Patricia Zucoloto (Instituto de Psicologia, UFBA).

Seguidores